Uma operação deflagrada pela Delegacia Territorial (DT) para combater a prática de armazenamento e divulgação de conteúdo sexual envolvendo crianças resultou na prisão de um homem com cinco HDs externos, três computadores, um celular e quatro pen drives, nesta terça-feira, dia 09, no município de Santa Inês.

Denominada de “Infância Protegida”, a operação é resultado de uma investigação desenvolvida pela DT/Santa Inês, com o apoio técnico do Laboratório de Inteligência Cibernética do Departamento de Inteligência Policial (DIP). Nos aparelhos de informática a polícia encontrou vasto material pornográfico, como fotografias contendo cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente.

Equipes da Coordenação de Apoio Técnico à Investigação (Cati/Central) da 9ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Jequié) e do Departamento de Polícia Técnica (DPT) também participaram da ação. O homem responderá pelo crime elencado no Artigo 241-B da Lei 8.069/90 do Estatuto da Criança e do Adolescente, que dispõe sobre a conduta de adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica, envolvendo crianças ou adolescentes.

Bahia Noticias