Morar de aluguel em Salvador está cada vez mais caro. Segundo levantamento nacional, a a cidade é a terceira capital que mais aumentou o valor do aluguel residencial. O levantamento foi feito a partir dos anúncios de locação. No primeiro semestre deste ano, a alta foi de 15,26%.

Segundo especialistas, a alta dos juros, inflação e a pandemia são alguns dos fatores que podem explicar a alta. A alta nos preços tem provocado um movimento de mudança daqueles que querem reduzir os custos para apartamentos menores ou para bairro mais distantes do centro.

De acordo com o levantamento, nos primeiros seis meses do ano, o valor médio do aluguel residencial aumentou 15,26% em Salvador. No ranking nacional, a capital baiana é a terceira com a maior variação e perde apenas para Florianópolis e Goiânia. O aumento foi bem maior que a inflação. No mesmo período, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), em Salvador e região metropolitana foi de 6,60%.

Metro1