Utilizado pela primeira vez pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) durante as festividades de São João, o sistema de Câmeras por reconhecimento facial colaborou para a captura de 12 foragidos da Justiça na Bahia. Os munícipios beneficiados foram Porto Seguro, Salvador, Itaberaba e Jequié. Porto Seguro foi a cidade que mais registrou foragidos identificados pela tecnologia, com 8 capturas entre os dias 16 e 24 de junho. Apenas no dia 18 de junho, foram detidos três criminosos durante os festejos.

Na sequência aparece Salvador, com duas capturas, na quinta-feira (23) e no domingo (26), após o sistema emitir alertas e impedir que dois procurados por roubo tivessem acesso ao Parque de Exposições Agropecuárias da capital. Em Jequié e Itaberaba, houve as prisões de um homicida e um procurado por furto, nos dias 18 e 24, respectivamente.

A tecnologia continuará sendo utilizada entre os dias 30 de junho e 2 de julho, quando ocorre a comemoração da independência da Bahia. “Esse foi mais um grande evento em que utilizamos o Reconhecimento Facial para reforçar as ações policiais, tendo como principal finalidade evitar a entrada de criminosos nos espaços das festas. Ficou evidente a eficácia da ferramenta e o quanto as equipes em campo são capacitadas para conduzir ocorrências de identificação de foragidos”, disse o secretário da SSP, Ricardo Mandarino.

Na semana retrasada, a Secretaria de Segurança anunciou o início das operações de 1.200 câmeras de reconhecimento facial e de placas veiculares em Salvador e na Região Metropolitana (veja aqui). Desde 2018, a tecnologia já colaborou com a prisão de 256 criminosos na capital.

Bahia Noticias