O PT Bahia realiza uma série de encontros nesta semana que vai culminar com a reunião do Diretório Estadual no sábado, dia 26, na Assembleia Legislativa do Bahia (ALBA), com a presença do governador eleito, Jerônimo Rodrigues, deputados e deputadas estaduais e federais, secretários de Estado e membros do Diretório. Nesta segunda-feira, 21, foi realizada uma reunião com os partidos que compõem o Conselho Político e, à tarde, um encontro da Executiva do Partido. Na terça-feira, 22, haverá Seminário com a bancada de deputados estaduais e na quinta-feira, 23, com a bancada federal, em Brasília.

Na reunião do Diretório, os membros do Partido farão um balanço da eleição nacional e estadual e vão criar uma resolução política para discutir a perspectiva e os desafios dos governos Lula e Jerônimo. “Vamos fazer uma fotografia da nossa vitória em 2022 e debater a nossa expectativa com relação ao perfil do governo Jerônimo, o que é que nós estamos desafiados, que tipo de governo nós queremos construir a partir de agora e apontando as tarefas do PT para 2023. Então, para 2023 definir as nossas tarefas pré-eleitorais, político-partidárias, da Federação, da organização de base, nossa participação nas conferências e nos conselhos”, afirmou o presidente do PT Bahia, Éden Valadares.

Vice-presidenta estadual do PT, Luciana Mandelli destacou a importância de debater as estratégias de campanha, a evolução do Partido na votação nos municípios, sobretudo nas maiores cidades, o papel do PT na relação com o estado, com a sociedade, a relação da Bahia com a eleição de Lula, com o futuro governo e a grande vitória PT no estado, que venceu as eleições estaduais pela quinta vez consecutiva. “Fotografia da vitória, de um grande êxito e de uma grande capacidade política porque o que nós estamos fazendo na Bahia não existe precedente na história do Brasil e para a história do PT isso vale muito”, destacou Luciana.

O secretário de Organização do PT Bahia, Osmar Galdino (Jojó), afirmou que a expectativa é reunir cerca de 300 pessoas no encontro do Diretório no sábado e acrescentou que, na ocasião, também será realizada uma análise sobre filiados e filiados do Partido. “Por último, vamos fazer uma análise do parecer do GTE (Grupo de Trabalho Eleitoral) sobre a fidelidade partidária de alguns filiados e filiados na eleição passada”.–

Ascom PT Bahia