Mais sete cidades baianas foram consideradas aptas pelo Ministério da Saúde a receberem incentivos de custeio e implantação ao Programa Saúde na Hora. Com a estratégia, os municípios Bom Jesus da Lapa, Camacã, Cocos, Gongogi, Iguaí, Ipirá e Poções poderão implantar horário estendido de funcionamento das Unidades de Saúde da Família (USF) e Unidades Básicas de Saúde (UBS). A adesão foi publicada na edição desta terça-feira, dia 31, do Diário Oficial da União (DOU).

O programa viabiliza o custeio aos municípios e Distrito Federal para implantação do horário estendido das unidades. O Ministério da Saúde prevê possibilidade de adesão em quatro tipos de formato de funcionamento em horário estendido: USF com 60 horas semanais, USF com 60 semanais horas com Saúde Bucal, USF com 75 horas semanais com Saúde Bucal e USF ou UBS com 60 horas semanais Simplificado.

Das cidades contempladas nesta terça-feira, dia 31, Ipirá, na Bacia do Jacuípe, foi contemplada com USF com 60 horas e as demais cidades com a modalidade USF ou UBS 60 horas Simplificado. Em todo o Brasil, 211 Municípios e 373 Unidades de Saúde da Família foram contemplados, conforme a portaria publicada no DOU.

Bahia Noticias