Nove motosserras e duas roçadeiras foram apreendidas nesta quinta-feira, dia 25, em Paulo Afonso. Os materiais tinham sinais de falsificação. Após contato com a fabricante, foi atestada a origem ilícita das mercadorias.

Durante uma ação de fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR 110, uma caminhonete Hilux, com dois ocupantes, foi parada. Inicialmente, foram solicitados os documentos de porte obrigatório para uma consulta detalhada. A equipe resolveu verificar o compartimento de carga, e encontraram equipamentos agrícolas que estavam estampados com uma marca famosa, porém apresentavam sinais de falsificação.

De acordo com a PRF, o condutor do veículo apresentou uma nota fiscal de origem duvidosa. Os produtos foram adquiridos em São Paulo e seriam comercializados em cidades do interior, segundo o motorista. Quando contataram a empresa fabricante do produto original, atestaram a origem ilícita das mercadorias e foi emitido um laudo. Essa prática configura crime de ordem tributária e de propriedade industrial, além de falsificação de produtos, sendo considerado também violação à propriedade intelectual por uso das marcas.

Bahia Noticias