A cidade de Paraty, Rio de Janeiro, foi reconhecida como patrimônio da humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco). A decisão ocorreu na 43ª reunião do Comitê de Patrimônio Mundial da Unesco, realizada nesta sexta-feira (05), em Baku, capital do Azerbaijão.

Esta é a primeira vez que um local é declarado patrimônio misto (cultural e natural) na América do Sul. Paraty já teve uma candidatura a patrimônio cultural recusada em 2009. O reconhecimento ainda se estende a Ilha Grande e uma extensa área preservada de mata atlântica na Serra da Bocaina.

Ao mesmo tempo em que recebe o título internacional, a cidade fluminense vê sua beleza ameaçada por problemas urbanos, como violência e falta de saneamento. Outras atrações históricas e naturais do Brasil também convivem com o abandono do poder público.

Metro1