Morreu aos 79 anos na manhã do último sábado, dia 8, por causas naturais, Idaiano Saldanha Câmara, ex-prefeito de Formosa do Rio Preto, município da Bahia mais distante de Salvador, localizado no Oeste do estado.

Idaiano foi prefeito da cidade entre 1983 e 1988, quando o mandato era de 6 anos. Ele chegou a ser preso em outubro de 2007 acusado de integrar uma quadrilha de extração e exportação ilegal de madeira nobre brasileira.

O município de Formosa do Rio Preto decretou luto de três dias pelo falecimento do ex-prefeito, Idaiano Saldanha. Ele deixa a esposa, filhos e netos. O sepultamento aconteceu na manhã deste último domingo.

Matéria: Tribuna do Recôncavo