Promover o desenvolvimento da cidadania, além de conscientizar sobre o patrimônio escolar. Essa é a principal proposta do projeto Monitor Mirim, implantado na Escola Municipal Maria Bernadete Borges, na cidade de Dom Macedo Costa, no Recôncavo baiano.

Pelo período de uma unidade letiva, até 3 alunos de cada turma são selecionados para desenvolver a função de monitor, que recebe um fardamento especial e um kit com material para desempenhar as atividades. Para fazer jus à missão, o estudante precisa atender alguns critérios: ter bom desempenho escolar e apresentar comportamento exemplar.

Entre as atribuições do monitor está a de auxiliar o professor nas atividades da turma e zelar pela manutenção das regras da escola.

“Essa iniciativa tem ajudado no desenvolvimento das atividades, bem como melhorado os problemas de indisciplina na sala de aula. É uma ação que visa a promoção da cidadania e do sentimento de pertencimento ao ambiente escolar”, comenta o professor Dr. Jorge Soares, diretor da instituição.

Na manhã de desta última terça-feira (09), os monitores que atuaram no primeiro semestre letivo fizeram uma caminhada pelo centro da cidade, apresentando o projeto à comunidade, e participaram de uma formação sobre ética e responsabilidade social, ministrada pelo diretor Jorge, e pela vice-diretora Alana Moreira, na Câmara de Vereadores. O projeto agrega alunos do 1º ao 7º ano da escola.

Ascom Dom Macedo Costa

Dom Macedo Costa: Conheça o projeto Monitor Mirim da Escola Municipal Maria Bernadete Borges - dom-macedo-costa

Foto: Divulgação/ PMDM