A prática de exercícios específicos auxiliam a capacidade respiratória e melhoram a qualidade de vida da terceira idade

Com o envelhecimento, é natural ocorrerem alterações fisiológicas no organismo, favorecendo assim o aparecimento de  problemas na saúde da terceira idade. Um dos sistemas do corpo humano que mais sofre com as mudanças é o sistema respiratório, com perda da capacidade pulmonar e enfraquecimento dos músculos do diafragma, aumentando as chances de surgirem doenças respiratórias como asma, bronquite, pneumonia, enfisema pulmonar, entre outros. A prática de exercícios que estimulem o sistema respiratório somado a outros cuidados, são alternativas que ajudam a prevenir tais enfermidades. A coordenadora técnica da Home Angels, maior rede de cuidadores de pessoas supervisionadas da América Latina, Janaína Rosa, lista quatro exercícios que podem trazer benefícios à respiração dos idosos.

  • Caminhada: realizada regularmente, pode trazer melhorias no funcionamento pulmonar. Por ser um exercício de baixo impacto, fica mais fácil manter a regularidade e a frequência respiratória;
  • Natação: considerado um dos exercícios mais completos, durante a prática a musculatura da região é fortalecida e os pulmões se expandem, trabalhando a respiração;
  • Hidroginástica: como o exercício é realizado dentro da piscina e conta com a resistência natural da água durante a execução, traz melhoras para a pressão arterial, circulação e, devido a realização de longas inspirações, aumenta a capacidade respiratória;
  • Fisioterapia respiratória: é um ramo da fisioterapia que trata problemas das vias respiratórias e que devem ser praticadas com o auxílio de um profissional. É, portanto, um conjunto de exercícios que atende a necessidade do paciente e que devolve a capacidade respiratória e uma melhora na qualidade de vida.

ASCOM