Jô Soares se despede do ‘Programa do Jô’ após 16 anos no ar

Jô Soares se despede do ‘Programa do Jô’ após 16 anos no ar - brasil

Com a participação do cartunista Ziraldo, o “Programa do Jô” chegou ao fim, na noite desta sexta-feira (16), após 16 anos no ar. Emocionado, o apresentador Jô Soares agradeceu a sua equipe e a Silvio Santos por ter mudado a sua vida.

“A minha vida, antes de qualquer coisa, foi modificada, mudou graças a essa plateia, graças a vocês. Por que eu quero sempre ter uma plateia na minha frente? Porque sem plateia eu não existo. Agradeço sempre, do fundo do meu coração”, disse.

Ao longo dos 16 anos, Jô realizou 14.426 entrevistas, mas fez questão de ressaltar que as melhores foram com pessoas desconhecidas do grande público. (Bahia.ba) (mais…)

Sobrevivente da Chapecoense, Alan Ruschel é 1º a deixar hospital

Sobrevivente da Chapecoense, Alan Ruschel é 1º a deixar hospital - brasil

Alan Ruschel recebeu alta na tarde desta sexta-feira (16) em Chapecó, no estado de Santa Catarina. O lateral é o primeiro dos quatro sobreviventes brasileiros a ter alta, 17 dias após o acidente aéreo com o avião da Chapecoense, que deixou 71 mortos e seis feridos.

O jogador saiu de cadeira de rodas da unidade, mas chegou a se levantar para entrar no carro. Ele acenou para amigos e fãs e abraçou familiares e amigos, entre eles o jogador Hyoran, da Chapecoense, que não viajou com o time para a Colômbia porque estava machucado.

Segundo boletim médico, emitido pelo hospital Unimed de Chapecó, Alan “apresenta força e sensibilidades normais nos membros inferiores, caminhando durante os exercícios de fisioterapia”. (Bahia.ba) (mais…)

Moro solta ex-tesoureiro do PT e impõe fiança de R$ 1 milhão

Moro solta ex-tesoureiro do PT e impõe fiança de R$ 1 milhão - brasil

O juiz federal Sérgio Moro revogou nesta sexta-feira (16) a prisão preventiva do ex-tesoureiro do PT Paulo Ferreira, mas impôs a ele fiança de R$ 1 milhão. Alvo da Operação Abismo, 31.º desdobramento da Lava Jato que investiga propinas em obras do Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras (Cenpes), Ferreira foi preso no dia 23 de junho.

Na última quarta-feira (14), ele foi interrogado por Moro e confessou que o PT – e os outros partidos políticos – trabalham com recursos não contabilizados. Ele disse que “negar informalidades nos processos eleitorais brasileiros de todos os partidos é negar o óbvio”.

“É um problema da cultura política nacional, dr. Moro”, disse o ex-tesoureiro. “Eu não estou aqui pra mentir pra ninguém. Estou aqui pra ajustar alguma dívida que eu tenha, minha disposição aqui é essa.” (Estadão Conteúdo) (mais…)

Lula pede R$ 1 milhão de indenização por nome citado em gráfico do MPF

Lula pede R$ 1 milhão de indenização por nome citado em gráfico do MPF - brasil

O ex-presidente Lula cobra na Justiça R$ 1 milhão de indenização por danos morais, em ação movida contra o procurador da República, Deltan Dallagnol, que usou seu nome no centro de um gráfico em setembro deste ano para demonstrar denúncias de corrupção.

A defesa do petista alega que a apresentação feita por Dallagnol promoveu “injustificáveis ataques à honra, imagem e reputação de Lula, com abuso de autoridade”.

A nota diz que nenhum cidadão pode receber o tratamento que foi dispensado a Lula pelo procurador da República Dallagnol, muito menos antes que haja um julgamento justo e imparcial.

“O processo penal não autoriza que autoridades exponham a imagem, a honra e a reputação das pessoas acusadas, muito menos em rede nacional e com termos e adjetivações manifestamente ofensivas”. (O Globo) (mais…)

Governo Temer anuncia pacote para economia

Governo Temer anuncia pacote para economia - brasil

O governo Temer anunciou nesta quinta-feira (15) um pacote de medidas para tentar elevar a produtividade das empresas, desburocratizar processos e incentivar o nível de atividade na economia brasileira e a geração de empregos. Entre as ações anunciadas, está a regularização de dívidas relativas a tributos de empresas e pessoas físicas com o governo.

“O objetivo naturalmente com essa regularização é permitir que as empresas e pessoas físicas se programem ao longo do tempo para fazer pagamentos parcelados e obter novos créditos, que no momento são vedados pela não regularização de passivos tributários”, declarou o presidente Michel Temer.

Conforme o governo, será possível parcelar dívidas contraídas até 30 de novembro deste ano. No entanto, diferentemente dos últimos parcelamentos do governo, não haverá redução de multa e juros, informou o secretário da Receita Federal Jorge Rachid.

Também foi apresentada a intenção de desburocratizar a atividade econômica. “Uma simplificação extraordinária para as empresas realizarem pagamentos trabalhistas e tributários. Vai diminuir o tempo excessivo para as empresas preencherem formulários, toda a simplificação possível das obrigações públicas em relação à essa burocracia”, disse o presidente. (G1) (mais…)

Acordo derruba veto e garante gratificação para agentes de saúde

Acordo derruba veto e garante gratificação para agentes de saúde - brasil

Acordo entre bancadas do governo e oposição que permitiu a aprovação do Orçamento de 2017 no Congresso nesta quinta-feira (15) teve como contrapartida a derrubada de vetos do presidente Michel Temer à Lei 13.342/16, que concede direitos trabalhistas aos agentes comunitários de saúde. Os itens da lei que tiveram os vetos derrubados e agora passam a vigorar são os que tratam do direito ao pagamento de insalubridade.

O acordo surgiu diante a necessidade de votar o orçamento ainda nesta semana, já que na próxima havia o temor de não haver quórum devido às festas natalinas. A bancada do PT havia apresentado um pedido de destaque para votação nominal de cada um dos vetos ao projeto, na tentativa de derrubá-lo. Este procedimento prolongaria a sessão por mais algumas horas e acabaria impedido a votação do Orçamento nesta quinta. Acordou-se, então, pela derrubada de parte dos vetos ao projeto dos agentes de saúde em troca da retirada da obstrução da bancada do PT.

No acordo que garantiu a derrubada dos vetos da insalubridade dos agentes de saúde também foram incluídas as derrubadas dos vetos de itens de outros projetos de lei que previam a criação de agência de incentivo a micro e pequena empresa, e a renegociação das dívidas das cooperativas da agricultura familiar. (Bocão News) (mais…)

Senado recorre ao STF por reconsideração de suspensão das dez medidas

Senado recorre ao STF por reconsideração de suspensão das dez medidas - brasilPlenário do Senado

Os advogados do Senado entraram com recurso no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo ao ministro Luiz Fux que reconsidere ou, pelo menos, leve a referendo do Plenário a decisão liminar que determinou a anulação da votação da Câmara sobre o pacote anticorrupção – e o retorno à estaca zero na discussão da proposta, apresentada originalmente como um projeto de iniciativa popular.

O recurso, que reúne uma série de contestações aos argumentos apresentados pelo ministro, já chegou ao gabinete de Fux. Mas o ministro afirmou mais cedo que irá aguardar um parecer do Ministério Público Federal antes de qualquer novo passo. A decisão de Fux se deu a partir de uma ação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSC-SP).

A Mesa do Senado afirma que é legítima e recorrente a conversão de projeto de iniciativa popular em projeto de lei proposto por deputados e alega que “não há qualquer regra Constitucional, legal ou regimental que aplique um suposto regime diferenciado de tramitação para projetos de lei de iniciativa popular”. (Estadão Conteúdo) (mais…)

Odebrecht pagou propina para vencer licitação em São Roque do Paraguaçu

Odebrecht pagou propina para vencer licitação em São Roque do Paraguaçu - brasil

A força-tarefa da Lava Jato afirma, na denúncia contra o ex-presidente Lula (PT) e mais oito pessoas, que o presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, e dirigentes da empreiteira “ofereceram, prometeram e pagaram vantagens indevidas” ao petista para vencer um procedimento licitatório da Petrobras, que visava a construção e montagem das plataformas P- 59 e P-60, localizadas em São Roque do Paraguaçu, Distrito de Maragogipe, no Recôncavo baiano.

De acordo com o documento, a licitação foi iniciada em junho de 2007 e teve a participação somente do Consórcio Rio Paraguaçu (composto pela Construtora Odebrecht, UTC Engenharia e Queiroz Galvão) e a empresa Mauá S/A, que foi desclassificada por ter apresentado preço excessivo.

Ainda segundo a força-tarefa da Lava Jato, a estimativa de preço da Petrobras para a construção de cada uma das plataformas autoelevatórias foi de cerca de US$ 288 milhões. A despeito do valor da estimativa feita pela estatal, o Consórcio Rio Paraguaçu celebrou os dois contratos no valor de aproximadamente US$ 352 milhões para cada unidade.

A força-tarefa pontua que o dirigente da Petrobras, Pedro Barusco, e o diretor da UTC, Ricardo Pessoa, reconheceram que praticaram o crime. Segundo os procuradores, os 2% correspondem a quantia mínima de US$ 4.8 milhões. Continue Lendo >> (mais…)

MPF denuncia Lula e mais oito pessoas na Lava Jato

MPF denuncia Lula e mais oito pessoas na Lava Jato - brasil

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e mais oito pessoas na Operação Lava Jato. De acordo com os procuradores, ficou constatado que o esquema de corrupção operado contra a Petrobras envolveu a atuação do em favor de interesses econômicos do Grupo Odebrecht, recebeu vantagens indevidas, pactuadas com Marcelo Odebrecht, ex-presidente da empresa, e Antonio Palocci, ex-ministro da Fazenda. (G1) (mais…)

Câmara aprova admissibilidade de PEC da Previdência por 31 votos a 20

Câmara aprova admissibilidade de PEC da Previdência por 31 votos a 20 - brasil????????????????????????????????????

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta quinta-feira (15/12), a admissibilidade da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que trata da reforma da Previdência Social.

O parecer do deputado Alceu Moreira (PMDB-RS), favorável à admissibilidade da matéria, foi aprovado com placar apertado de 31 a 20, com votos contrários de deputados da oposição (PT, PCdoB, PDT, Rede e PSOL) e também da base aliada, como Júlio Delgado (PSB-MG) e Marcos Rogério (DEM-RO).

Alguns parlamentares reclamaram do horário em que a matéria foi votada, em plena madrugada. “Eu não voto depois da meia-noite”, afirmou o deputado Esperidião Amim (PP-SC). Ele acabou se posicionando contra a admissibilidade. “Um absurdo o que aconteceu na noite desta quarta-feira”, criticou o líder do PSD, Rogério Rosso (DF).

A sessão da CCJ começou às 15h da quarta-feira, mas a leitura do parecer só começou três horas depois. Por volta das 20h, os trabalhos foram interrompidos, em razão do início da votação no plenário da Câmara, convocada pelo presidente da Casa, Rodrigo Maia do DEM-RJ. (Estadão Conteúdo) (mais…)

Receita libera pagamento do último lote de restituições do IR

Receita libera pagamento do último lote de restituições do IR - brasil

A Receita Federal libera nesta quinta-feira (15) o crédito bancário do sétimo e último lote regular de restituição do Imposto de Renda (IR) Pessoa Física de 2016. Restituições dos exercícios de 2008 a 2015 de declarações que deixaram a malha fina estão também no banco. Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte terá que acessar a página da Receita na internet ou ligar para o Receitafone, no número 146. O Fisco disponibiliza ainda aplicativo para tablets e smartphones que facilita a consulta às declarações e à situação cadastral no CPF.

Os contribuintes que não foram relacionados terão que aguardar a liberação de lotes residuais no próximo ano. Para evitar ficar em malha, o contribuinte deve consultar a página da Receita, serviço e-CAC , a fim de verificar o extrato da declaração. No endereço é possível saber se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nessa hipótese, o contribuinte pode fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.  (Agência Brasil) (mais…)

TRF aumenta em mais um ano a pena do ex-deputado Luiz Argôlo

TRF aumenta em mais um ano a pena do ex-deputado Luiz Argôlo - brasil

O ex-deputado Luiz Argôlo (ex-SD-BA), acusado de usar o cargo de parlamentar para “abrir as portas para bons negócios” do doleiro Alberto Youssef, teve a pena ampliada de 11 anos e 11 meses de prisão para 12 anos e 8 meses.

O Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região atendeu o Ministério Público Federal (MPF) e entendeu que o ex-parlamentar praticou condutas ilícitas mesmo com condições sociais e intelectuais de obedecer à lei.

O colegiado também absolveu Argôlo de algumas condutas reconhecidas pelo juiz federal Sergio Moro, em sessão nesta quarta-feira (14). Os desembargadores afirmaram não haver provas de que recebeu vantagem indevida de todas as empresas listadas na denúncia. Assim, o baiano conseguiu reduzir o valor do dano que deverá devolver aos cofres públicos, de R$ 1,4 milhão para R$ 1 milhão. O acórdão ainda não foi publicado.

Argôlo está preso preventivamente e já deve começar a execução provisória da pena quando passarem os prazos para a interposição de recursos. Ele não fez acordo de delação premiada. (Bahia.ba) (mais…)

Maia critica decisão de ministro do STF e fala em ‘intromissão indevida’

Maia critica decisão de ministro do STF e fala em ‘intromissão indevida’ - brasil

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), classificou como “estranha” a decisão liminar (provisória) do ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), que determinou que o pacote anticorrupção volte a ser analisado pelos deputados. “Infelizmente, me parece uma intromissão indevida do Poder Judiciário na Câmara dos Deputados”, disse.

Segundo Maia, a equipe técnica da Casa vai avaliar a decisão do ministro do STF, para decidir que procedimentos adotar. O presidente da Câmara, no entanto, afirmou que a argumentação de Fux na decisão faria com que outros projetos, como a Lei da Ficha Limpa, perdessem a validade, pois teriam a mesmas características do pacote anticorrupção, que foi apresentado pelo Ministério Público e teve o apoio popular.

Na liminar, o ministro do Supremo questiona a autoria do projeto de lei, que era de iniciativa popular, mas foi registrado em nome de um deputado. Ele também critica o fato de os deputados terem incluído “matérias estranhas” no texto que foi proposto pelo Ministério Público Federal. (Estadão Conteúdo) (mais…)

Morre aos 95 anos o cardeal Dom Paulo Evaristo Arns

Morre aos 95 anos o cardeal Dom Paulo Evaristo Arns - catolico, brasil

Morreu nesta quarta-feira, vítima de uma broncopneumonia, o cardeal Dom Paulo Evaristo Arns, uma das pessoas mais influentes da Igreja Católica e da sociedade brasileiras, conhecido pela contenda de uma vida inteira em defesa dos direitos humanos no país. Dom Evaristo, aos 95 anos completados em setembro, estava internado no Hospital Santa Catarina em São Paulo desde 28 de novembro, e hoje foi declarado pelos médicos que sofreu uma falência múltipla de órgãos.

Apesar de ter passado os últimos anos vivendo recluso em um convento em Taboão da Serra, sua morte impacta diferentes grupos sociais pelo seu papel decisivo na história da democracia brasileira. Dom Paulo, com 71 anos de sacerdócio, é uma figura que congrega pessoas muito além de crenças religiosas. Foi um dos principais nomes na luta contra a ditadura (1964-1985) e a favor do voto nas Diretas Já. Por conta disso – e por sua atuação incansável na defesa dos pobres – ficou conhecido como o “cardeal da esperança”.

No Brasil, Dom Paulo Evaristo foi bispo e arcebispo de São Paulo entre os anos 60 e 70. Quando assumiu a Arquidiocese de São Paulo, a segunda maior comunidade católica do mundo. Em 1970, uma de suas primeiras medidas foi vender o Palácio Pio XII, residência oficial do arcebispo, para financiar terrenos e construir casas na periferia. Em 1972 ele criou a Comissão Brasileira Justiça e Paz, que articulou denúncias contra abusos do regime militar. Continue Lendo >> (mais…)

Yahoo afirma que hackers roubaram dado de 1 bilhão de usuários

Yahoo afirma que hackers roubaram dado de 1 bilhão de usuários - brasil

Em comunicado enviado nesta quarta-feira (14), o Yahoo afirmou que hackers roubaram dados de mais de 1 bilhão de usuários em um ataque ocorrido em 2013. Segundo a empresa, foram tomadas medidas para garantir que as contas de usuário fiquem seguras. O Yahoo acrescentou ainda que está trabalhando com apoio do governo americano.

Em 2014, um outro ataque atingiu 500 milhões de usuários. “Baseado em uma investigação em curso, o Yahoo acredita que informações associadas às contas de, pelo menos, 500 milhões de usuários foram roubadas, e a investigação não encontrou evidências de que os agentes patrocinados por algum país ainda estejam na rede do Yahoo”, afirmou Bob Lord, executivo da empresa, em comunicado. (Bahia.ba) (mais…)

Em mensagem interna, Janot diz que Lava Jato “desagrada estrutura de poder”

Em mensagem interna, Janot diz que Lava Jato “desagrada estrutura de poder” - brasilBrasília - O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, durante entrevista coletiva para apresentar os resultados de gestão do primeiro ano de seu segundo mandato. (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou mensagem pela rede interna de procuradores da República na noite desta quarta-feira, 14, na qual afirma que a Lava Jato tem desagradado “parte da estrutura de poder” e diz que há reações contra o Ministério Público em razão das investigações realizadas.

“Muitas forças se levantam contra o Ministério Público nesse momento, não por seus eventuais erros, mas pelo acerto de seu trabalho. Fazer parte desse processo, que representa mudança de cultura e progresso social, sempre e necessariamente, contraria fortes interesses dos que se habituaram a tirar proveito de um sistema, em sua maior parte, corrompido. A reação é, muitas vezes, desproporcional”, escreveu Janot.

Segundo ele, o momento é “grave e decisivo” para o futuro. “Às milhares de ações que fazem parte de nosso cotidiano veio se somar a maior e mais complexa investigação criminal de que se tem conhecimento, que avança e desagrada parte da estrutura de poder. Esse processo, necessário para a consolidação da democracia, das instituições e da própria República, jamais transcorreria sem tribulações para o País e, particularmente, para o próprio Ministério Público”, escreveu Janot. (Estadão Conteúdo) (mais…)

Voltar à página inicial