Mais de 20 horas após o fim da apuração que confirmou a vitória de Lula (PT) na presidência, o presidente Jair Bolsonaro (PL) continua em silêncio. Em contrapartida, líderes internacionais de países como Estados Unidos, China, Reino Unido e França reconheceram o resultado.

Contrariando a tradição, na qual candidatos derrotados ligam para o adversário vencedor e se pronunciam publicamente, Bolsonaro não apareceu desde a vitória de Lula, anunciada pouco antes das 20h deste domingo (30). A conduta, segundo a coluna da jornalista Andréia Sadi no portal g1, causa temor entre os aliados do presidente.

De acordo com a coluna, os assessores de Bolsonaro temem o impacto nas relações exteriores da postura irredutível de Bolsonaro. Por isso, eles escalram o chanceler Carlos França para tentar convencer o presidente a se pronunciar publicamente.

Metro1