Pneus, âncoras, pedaços de redes de pesca e lixeiras foram retirados do mar na região do Porto da Barra em Salvador. Ao todo, foram cerca de 400 quilos de lixos removidos de um dos principais pontos turísticos baianos. A ação, neste sábado (9), foi organizada pela Associação Ambiental Brasileira, responsável pelo projeto Lixo Zero, que realiza todos os anos pelo menos cinco ações de limpeza nas praias de Salvador.

De acordo com a Associação, a atividade teve início por volta das 10h30 e contou com cinco mergulhadores, além de apoio em terra com homens da Marinha e do grupo Escoteiros do Mar, se tornando a terceira ação do grupo em 2022, pois no início do ano, foi retirada uma tonelada e meia da Praia do Canta Galo, e em seguida, foram mais 600 quilos retirados da praia da Gamboa.

O presidente da Associação Ambiental Brasileira, Fernando Suber, afirmou que a limpeza das praias tem se tornado cada vez mais difícil, porque o barco da entidade apresentou problemas no motor. Como o trabalho é organizado por voluntários, faltam recursos para os reparos na embarcação que devem custar cerca de R$ 4.500.

Bahia Noticias