O amargosense Derivaldo Dias dos Reis, 26 anos, vulgo “Tata”, morreu durante uma operação policial na madrugada desta segunda-feira (28), no bairro Águas Claras em Salvador. O mesmo possuía passagens pela Polícia.

Derivaldo apresentou resistência durante a operação policial da Rondesp e não obedeceu a ordem de abordagem. O mesmo foi alvejado e faleceu no local. Em 2017, o mesmo foi preso pela Polícia Civil de Amargosa pelos crimes de tentativa de homicídio, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

Derivaldo cumpriu pena no presídio de Feira de Santana. Seu irmão, Rafael Dias Reis, também já foi preso pela Polícia de Amargosa e foi morto no mesmo bairro em 2017. (Amargosa News)