Pesquisa descobre ‘fonte de rejuvenescimento’ em células-tronco cardíacas

Injetadas diretamente no coração de ratos idosos, as células-tronco cardíacas retiradas de corações jovens ajudaram a revertes os sinais de envelhecimento já demonstrados pelos animais. A descoberta é fruto de um estudo publicado nesta segunda-feira (14/08), no European Heart Journal. Segundo informações do UOL, com algumas injeções, os ratos em questão já apareceram revigorados.

Além de melhorar a função cardíaca, as células-tronco aceleraram o crescimento dos pelos dos ratos e o alongamento dos telômeros cromossômicos, que geralmente encolhem com a idade. Eles também apresentaram aumento de resistência. “É extremamente emocionante”, definiu Eduardo Marbán, principal pesquisador do estudo e diretor do Instituto do Coração Cedars-Sinai.

Para ele, esses efeitos rejuvenescedores sistêmicos são “como uma fonte inesperada de juventude”, acrescentou. Márban conta que o instituto tem pesquisado novas formas de terapia celular para o coração há 12 anos. Com sua pesquisa anterior, ele descobriu que as células derivadas da região cardíaca “promovem a cura” do coração após uma condição chamada de “insuficiência cardíaca com fração de ejeção preservada”, que afeta mais de 50% de todos os pacientes com insuficiência cardíaca. (mais…)

Bahia tem dois casos confirmados de doença transmitida pelo maruim

Dois casos de febre de oropouche foram confirmados na capital baiana e em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador, em junho deste ano – uma criança de 10 anos e um adolescente de 16, respectivamente.

Segundo o infectologista Antônio Bandeira, em entrevista ao Correio, os casos foram registrados em novembro e dezembro do ano passado, mas somente em junho deste ano é que o diagnóstico foi concluído.

Os sintomas da doença, que é uma arbovirose, transmitidas pelo maruim ou muriçoca, são os mesmos da dengue, zika e chikungunya, como febre, dores no corpo e manchas vermelhas na pele. (mais…)

Bahia registra 16.422 casos de hepatites entre janeiro e maio

Somente entre janeiro e maio deste ano a Bahia registrou 16.422 casos de hepatites, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (26), pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab).

“O vírus da hepatite A que, apesar de ser benigno na maioria dos casos, é de fácil transmissão; e os tipos B e C pelo fato de serem doenças silenciosas que podem evoluir para cirrose ou câncer do fígado”, pontua o hepatologista Allan Rego.

A hepatite B infecta, atualmente, 300 milhões de habitantes no mundo e cerca de um milhão de brasileiros. Já a do tipo C atinge de 130 a 150 milhões de pessoas no mundo e 1,5 milhão no Brasil.

Para alertar a população sobre a importância da prevenção, do diagnóstico precoce e do tratamento, a Organização Mundial da Saúde (OMS) criou o Dia Mundial de Combate às Hepatites Virais, lembrado nesta sexta-feira (28). (mais…)

Técnica inédita no país recupera audição de pacientes

Uma técnica cirúrgica inédita no Brasil tem ajudado na recuperação da audição de pacientes. O procedimento, que se trata de um implante de prótese auditiva na calota craniana atrás da orelha, é coberto pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e já foi realizado quatro vezes no Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (USP).

“Em até 15 minutos é possível colocar o implante auditivo”, explica o médico otorrinolaringologista Miguel Hyppólito, responsável pelas cirurgias, em entrevista à revista IstoÉ. Segundo ele, a cirurgia é minimamente invasiva e o paciente tem a possibilidade de ir para casa no mesmo dia.

O implante transmite o som por condução óssea, em vez da aérea, usada por pessoas com audição normal. Para isso, um processador capta as ondas sonoras, transforma em vibrações e transmite diretamente para o ouvido interno. (mais…)

Dores crônicas atingem 37% dos brasileiros, segundo pesquisa

A dor crônica é relatada por 37% dos brasileiros, aponta pesquisa da Sociedade Brasileira para Estudo da Dor (SBED). Os dados desse estudo foram debatidos no 4º Congresso da Sociedade Brasileira de Médicos Intervencionistas em Dor (Sobramid), que terminou hoje (9) em Campinas, no interior paulista. Métodos inovadores como uso de estímulos elétricos com tecnologia sem fio também estiveram na pauta do encontro, que reuniu mais de 200 profissionais especializados no tratamento deste tipo de dor que persiste por, no mínimo, três meses.

O anestesiologista Charles Amaral de Oliveira, presidente da Sobramid, aponta que a dor aguda, que ocorre de forma pontual, não deve ser negligenciada, pois é dela que se formam os casos crônicos. “A dor aguda acusa a pessoa de que algo de errado está no corpo e isso é um sinal de alerta. A dor crônica deixa de ser um sinal e passa a ser a própria doença. E ela vai levando a um desdobramento, que é estresse, ansiedade e depressão, que agravam a dor”, explica. “A dor, por sua vez, piora os quadros depressivos. Você entra nesse ciclo vicioso, que precisa ser interrompido.”

A pesquisa mostra que a faixa etária média de ocorrência da dor é 41 anos. Em relação ao sexo, as mulheres são maioria entre os relatos de dores crônicas na maior parte das regiões. Apenas na Região Nordeste este quadro se inverte: os homens representam 52% e as mulheres 42%. A intensidade da dor relatada foi maior de 6 (em uma escala 1 a 10) em todas as regiões do país. Esse nível é considerado moderado e suficiente para interferir nas atividades diárias.  (mais…)

Sorriso perfeito: Saiba quais são os alimentos que auxiliam na saúde bucal

O sorriso perfeito pode ser o cartão de visita para muitas pessoas, mas para isso é necessário diversos cuidados com a saúde bucal. Além de uma boa escovação e o uso do fio dental, o dentista Fábio Paes, responsável pelo sorriso de muitas celebridades como Gusttavo Lima e o sertanejo Eduardo Costa afirma que uma boa alimentação colabora para o brilho nos dentes.

“Escovar os dentes sempre após as refeições e passar fio dental são algumas das medidas fundamentais para garantir dentes mais saudáveis e bonitos. Além disso,  existem alguns alimentos auxiliam na proteção do esmalte dentário, proporcionando assim um sorriso mais branco”, revela o profissional.

Confira a lista dos alimentos que podem ajudar na saúde bucal: (mais…)

Professora da dicas de como malhar e secar em casa

Com 59 kg e 1,67 de altura, a paulistana Monica Apostólico de 37 anos é formada em educação física e certificada em pilates, onde trabalha com treinamento funcional, personal trainer, além é claro do próprio pilates.

Apesar da pouca estatura, a leonina mostra muita garra e determinação, e se inspira na frase de William Shakespeare, em que diz: “… O tempo é algo que não volta atrás. Por isso plante seu jardim e decore sua alma, Ao invés de esperar que alguém lhe traga flores…”

Dona de um par de olhos azuis encantador, Monica já trabalhou por muitos anos como instrutora esportiva em navios de cruzeiros, além de ter sido a personal trainer do baixista Mingau do grupo ‘Ultraje a Rigor’, e também ter sido professora de pilates do apresentador do gazeta esportiva, Celso Cardoso. (mais…)

Tratamento psicológico na infância evita problemas futuros

As taxas de crianças e jovens que possuem algum tipo de sofrimento mental na Bahia são elevadas, mas é pequeno o número de casos tratados profissionalmente. Para a psicóloga Janaína Teixeira, muitos desses casos que não são acompanhados na infância e adolescência, cronificam-se e produzem um sofrimento ainda maior na vida adulta.

Assim, a psicologia avalia que, enquanto ciência, precisa estudar mais sobre promoção e prevenção em saúde. “Pensando na possibilidade de evitar a cronificação dos problemas na vida adulta, pode-se perceber a psicoterapia infantil como uma forma de prevenção em saúde”, observa Janaína.

Por isso, de acordo com ela, o Instituto Transformação vai promover a primeira turma do Curso de Aprimoramento em Terapia Analítico Comportamental Infantil em julho. Nele serão apresentadas as habilidades necessárias para atuar preventivamente nesse universo infanto-juvenil. Informações: contato@institutotransformacao.com.br

Autoteste de HIV será vendido em farmácias a partir do final deste mês

As farmácias brasileiras deverão ter disponíveis para a venda, a partir do final deste mês, autotestes para para detectar a presença do vírus HIV no organismo.

O produto, que custa entre R$ 60 e R$ 70, pode ser adquirido sem receita médica. O resultado do teste fica pronto em 10 minutos.

O Brasil é o primeiro país da América Latina e Caribe a disponibilizar o autoteste em farmácias. No Rio de Janeiro, o primeiro teste desse tipo chega ainda nesta semana. (Bahia.ba)

Geisy Arruda faz tratamento facial utilizando o próprio sangue

Será que vale tudo na luta pelo rosto perfeito? Geisy Arruda prova que sim. A celebridade causou furor nas redes sociais ao compartilhar imagens de um tratamento de pele um tanto inusitado.

O procedimento se chama “Vampire Facial” e consiste em hidratar a pele com o próprio sangue, podendo ser encontrado apenas nos Estados Unidos. E ai, quem encara? A famosa se inspirou em celebridades norte-americanas.

“Quero tirar a marca da acne e o tratamento te dá uma pele nova porque estimula o colágeno. A marca de acne me incomoda há muitos anos. Fiquei anestesiada cerca de uma hora e não doeu, me inspirei na Kim Kardashian porque vi uma foto e fui procurar saber, gostei muito do resultado e quero fazer para ter uma pele de boneca”, contou Geisy. (UOL)

Estado americano tem 1º caso de sarampo em 20 anos

Um caso de sarampo foi confirmado no condado de Franklin, localizado no estado americano do Maine, que faz divisa com o Canadá. Essa é a primeira vez em 20 anos que a infecção viral é relatada no estado. O último caso da doença no local foi relatado em 1997. De acordo com o Centro de Prevenção e Controle de Doenças do Maine (CDC, na sigla em inglês), o paciente teria contraído a doença durante uma viagem internacional.

Agora, as autoridades de saúde estão focadas em identificar indivíduos potencialmente expostos ao vírus. Embora a transmissão da doença ocorra, em geral, de pessoa a pessoa, ela também pode acontecer  através do contato com gotículas de partículas virais, que permanecem no ar e na superfície de ambientes até duas horas depois de a pessoa infectada deixar o local. Segundo informações do Huffington Post dos Estados Unidos, cerca de 100 pessoas de diversos estados americanos, incluindo Califórnia, Michigan e Nova York foram diagnosticadas com a doença só neste ano. De acordo com o CDC, a maioria não havia se vacinado.

Sarampo: O sarampo é uma doença viral altamente contagiosa que pode ser prevenida por uma vacina que confere cerca de 98% de proteção contra a doenças. Seus sintomas se desenvolvem, em média, de 10 a 14 dias após a exposição ao vírus e incluem febre, erupção cutânea, tosse, coriza, mal-estar, falta de apetite e olhos vermelhos.  O grande problema da infecção são suas complicações possíveis complicações como pneumonia, encefalite e morte. (mais…)

6 truques para evitar (com eficácia) a ressaca

Primeiro um convite para o happy hour, depois emendar um jantar e um bar e a seguir uma casa noturna. E no dia a seguir? Uma baita ressaca.  Segundo o jornal espanhol El Confidencial, além da moderação e a da importância de não misturar muitos tipos de bebidas alcoólicas, existem outras formas bastante eficazes de prevenir uma ressaca ou de, pelo menos, atenuar as suas consequências.

Em primeiro lugar, beba dois copos de água antes de sair de casa, depois, o melhor é comer antes de começar a beber. É muito importante não começar a beber de estômago vazio, pois a comida consegue atenuar a concentração de álcool no sangue. Contudo, deve-se evitar o consumo de comida com muita gordura, pois tendem ‘seduzir’ o cérebro a beber ainda mais. Depois, alterne as bebidas com água ou suco.

Para evitar as consequências da ressaca, é importante também evitar o café. Esta bebida até pode ter um efeito estimulante, mas a verdade é que tende a cair que nem uma bomba no estômago depois de uma noite de muito álcool. (Noticias ao Minuto)

Confira dicas para aproveitar o São João sem sair da dieta

Canjica, bolo de aipim, doce de jenipapo e paçoca são algumas das guloseimas típicas das festas juninas. Algumas são extremamente calóricas e ricas em açúcar e gordura, e não basta dançar forró para manter o peso. É preciso optar por um cardápio mais saudável e ainda aproveitar alimentos que fazem parte da festa. Para Ramona Baqueiro, professora de Nutrição do Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge), o segredo é se permitir sem exceder as quantidades, pois são muitos dias de festa. “Amendoim cozido, milho cozido, e assado, além das frutas, são alguns dos alimentos que podem ser consumidos de forma equilibrada”, diz.

A substituição da farinha branca pela farinha integral na preparação dos bolos também é uma opção menos calórica para quem não quer deixar de lado o consumo do bolo de milho, aipim e laranja. “Com equilíbrio e moderação é possível curtir os dias de festa sem ganhar aqueles quilinhos extras”, conta Ramona.

Confira a seguir dicas sobre bebida alcoolica: (mais…)

Especialista do sono dá dicas de prevenção de acidentes de trânsito neste São João

O São João está se aproximando e muita gente aproveita para viajar e curtir os festejos no interior. Se a ideia é ir de carro, a preparação para o passeio precisa ir além da revisão do veículo. Se o motorista tem algum distúrbio do sono, como apneia e insônia, ou não dormiu bem no dia anterior à viagem, é preciso ter muito cuidado.

Por conta disso, a especialista em sono Kenya Felicíssimo promove uma campanha de conscientização nos pedágios, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Militar da Bahia. Ao longo da semana, serão distribuídos panfletos para os motoristas nas cabines, o tema será discutido durante as abordagens policiais e nas redes sociais.

“A qualidade do sono do motorista impacta diretamente na ocorrência de infrações. A privação de sono e alguns distúrbios, como ronco e apneia, provocam sonolência diurna, falta de atenção e alterações de humor. É preciso ficar atento aos sinais que o corpo dá, como bocejar de forma contínua, sentir olhos ou cabeça pesados e não se lembrar por onde acabou de passar”, esclarece Kenya Felicíssimo, que é pioneira em Odontologia do Sono na Bahia. (mais…)

28 milhões de pessoas no Brasil têm na família dependentes químicos

Cerca de 28 milhões de pessoas no Brasil têm algum familiar que é dependente químico, segundo com o Levantamento Nacional de Famílias dos Dependentes Químicos (Lenad Família), realizado pela Universidade Federal de São Paulo em 2013. Para o médico psiquiatra Luiz Guimarães,  não funciona dizer pare de beber ou fumar. “Isso é decisão de cada um. Até mesmo porque as pessoas fazem o que elas querem fazer. Mas estamos do lado dele para ajudá-lo”, disse.

“Quando falamos de dependência é porque houve um aumento de um consumo, um descontrole desse uso. As pessoas acabam perdendo o rumo de sua vida, acabam perdendo sua autonomia, e vivem com a droga como se fosse uma bengala. Nós tratamos o sujeito que faz uso da substância, mas que perdeu o controle da vida”, comenta o psicólogo Ueliton Pereira.

O psicólogo Pablo Sauce explica que no tratamento de um dependente químico existem quatro perspectivas que orientam: medicação, abstinência, psicoeducação e responsabilização. “Cada uma dessas abordagens é um tratamento em si.  A gente aposta na convivência das quatro vertentes, e utilizamos cada uma em função do caso ou do momento em que cada paciente se encontra”, afirma Sauce, coordenador do Programa de Dependência Química da Holiste. Assista o vídeo acima ! (Editado por Tribuna do Recôncavo | Informações: ASCOM)

Estudiosos desenvolvem tratamento alternativo via internet para pacientes com câncer

Pesquisadores sobre o câncer têm apostado na imunoterapia para combater tumores no corpo humano. A novidade é que a meditação e a criação de um aplicativo para tablets têm contribuído no tratamento da doença, pois têm o objetivo de melhorar a imunidade do paciente através de estratégias que reduzem o estresse. Estudiosos apresentaram no congresso científico de câncer do mundo, que acontece em Chicago, pesquisas apontando a interferência do estresse no tratamento.

Conforme publicação do jornal Folha de São Paulo sobre o assunto, de 129 pacientes diagnosticados com a doença, 75% tinha elevado nível de estresse. A depender do nível, tal sintoma pode afetar a tolerância ao tratamento, como radioterapia e quimioterapia. Viviane Hess, médica do Hospital Universitário de Basel, na Suíça, desenvolveu um programa chamado de Stream, no qual os participantes aprendem métodos de relaxamento e técnicas de meditação por módulos disponíveis na internet.

O diretor de oncologia psiquiátrica do Hospital Geral de Massachusetts, Joseph Greer, também investiu em tecnológica virtual como alternativa para os pacientes, criando um aplicativo para tablets com o objetivo de controlar a ansiedade em pacientes com câncer avançado. As pesquisas apresentaram melhora na qualidade de vida dos participantes, levando em consideração que a maioria dos diagnosticados não tem acompanhamento psicológico e precisam de alternativas para controlar as emoções, contribuindo assim para uma boa imunidade. (Bahia Noticias)

Voltar à página inicial