Em Tanhaçu, Malafaia chama Rui Costa de “vagabundo” e o acusa de nomear “ladrão” para Consórcio Nordeste

Em Tanhaçu, Malafaia chama Rui Costa de "vagabundo" e o acusa de nomear "ladrão" para Consórcio Nordeste - tanhacu, politica, bahiaFoto: Reprodução/ Vídeo - TV Brasil

O pastor Silas Malafaia chamou o governador da Bahia, Rui Costa (PT), de “vagabundo” ao afirmar que o petista nomeou Carlos Gabas, a quem se referiu como “ladrão”, para ocupar o posto de secretário-executivo do Consórcio Nordeste. Os ataques foram feitos durante evento na cidade de Tanhaçu, sudoeste do estado, ocasião em que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) assinou contrato de concessão de trecho da Ferrovia Oeste-Leste (Fiol) e repetiu ameaças golpistas contra o STF.

“O governador da Bahia nomeou um ladrão […] Eu tô chamando aqui […] Manda ele me processar. O governador da Bahia nomeou um ladrão chamado Carlos Gabas […] Me processa, vagabundo”, iniciou Malafaia. “Você sabe o que esse cara fez? Comprou R$ 49 milhões, e pagou à vista, de respiradores a uma empresa de maconha. Os respiradores nunca chegaram. Vocês já pensaram quantos baianos e nordestinos morreram por causa de um canalha, vagabundo desses?”, continuou o religioso.

Malafaia se referiu ao contrato firmado com a Ocean 26 Inc, de quem o governo baiano encomendou 600 ventiladores mecânicos durante o enfrentamento à pandemia de Covid-19. O caso é investigado em inquérito instaurado pelo Ministério Público Federal (MPF) em novembro do ano passado. Procurada, a assessoria de Rui Costa informou que ele não se manifestará.

Metro1

Em Tanhaçu, Bolsonaro volta a ameaçar STF e diz que 7 de Setembro será ultimato a ministros

Em Tanhaçu, Bolsonaro volta a ameaçar STF e diz que 7 de Setembro será ultimato a ministros - tanhacu, policia, brasil, bahiaFoto: Marcos Corrêa/ PR

Na visita a Tanhaçu, no Sertão Produtivo baiano, na manhã desta sexta-feira, dia 3, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a ameaçar o Supremo Tribunal Federal (STF) e citou as manifestações do 7 de Setembro como um ultimato a ministros da Suprema Corte Brasileira. Sem citar nomes, Bolsonaro afirmou que não faz críticas a Instituições ou Poderes, mas a pessoas.

“Nós não precisamos sair das quatro linhas da Constituição. Ali temos tudo que precisamos. Mas se alguém quiser jogar fora dessas quatro linhas nós mostraremos que poderemos fazer também valer a vontade e a força do seu povo”, disse.

No dia em que se comemora a Independência do Brasil, protestos considerados de raiz golpista e com pautas autoritárias em seu favor, estão mantidos na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, e na avenida Paulista, em São Paulo. O presidente Bolsonaro informou que comparecerá e fará discursos nos dois atos antidemocráticos. “Quem dá esse ultimato não sou eu, é o povo brasileiro, povo esse no qual nós todos políticos devemos lealdade”, afirmou.

Bahia.Ba

MATÉRIA RELACIONADA: Tanhaçu: Bolsonaro chega à Bahia para formalizar contrato de concessão de ferrovia

Tanhaçu: Bolsonaro chega à Bahia para formalizar contrato de concessão de ferrovia

Tanhaçu: Bolsonaro chega à Bahia para formalizar contrato de concessão de ferrovia - tanhacu, politica, bahiaFoto: Alan Santos/ PR

O presidente Jair Bolsonaro chegou à Bahia nesta sexta-feira, dia 3, para visitar as obras da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL), na cidade de Tanhaçu, sudoeste do estado. Ele participará da cerimônia de formalização do contrato de concessão do trecho de 537 km da via. O avião presidencial pousou no Aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista, que fica a cerca de 130 km de Tanhaçu, por volta das 8h30.

De lá, Bolsonaro seguiu de helicóptero para Tanhaçu, onde chegou cerca de uma hora depois. No aeroporto de Conquista, os apoiadores precisaram passar por detecção de metais, antes de se aproximarem do presidente. Em Tanhaçu, um grupo aguardava Bolsonaro antes mesmo de sua chegada ao estado – a maioria deles, assim como o presidente, estava sem máscara, ou fazendo uso incorreto da proteção contra a Covid-19.

Nesta sexta-feira, a Bahia Mineração (Bamin) assume oficialmente o trecho da FIOL que fica entre as cidades baianas de Caetité e Ilhéus. Essa concessão acontece após o leilão vencido pela mineradora em abril. O ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas acompanha o presidente na visita.

G1/ Bahia

Trecho da BA-142 entre Tanhaçu e Ituaçu é requalificado

Trecho da BA-142 entre Tanhaçu e Ituaçu é requalificado - tanhacu, noticias, ituacu, bahiaFoto: Mateus Pereira/ GOVBA

O governador Rui Costa entregou na última sexta-feira, dia 4, a requalificação de mais de 24 quilômetros da BA-142, entre as cidades de Tanhaçu e Ituaçu, na Chapada Diamantina. “Hoje estamos entregando mais um trecho de uma grande obra, que é um sistema viário de toda a região da Chapada”, explicou o governador.

O investimento de R$ 10 milhões de reais beneficia 235 mil habitantes que vivem nos municípios de Andaraí, Mucugê, Barra da Estiva, Ibicoara, Ituaçu, Tanhaçu, Itaberaba, Iaçu, Marcionílio Souza e Itaetê. A estimativa é de que 1.900 veículos circulem diariamente pela via.

Segundo o secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, o trecho de 24 quilômetros entregue na sexta-feira faz parte de um contrato maior que engloba a recuperação de 420 quilômetros de rodovia na região, cujo investimento total é de R$ 120 milhões. Segundo ele, a obra oferece mais segurança à população e facilita o escoamento de cargas.

Fonte: Tribuna do Recôncavo