web analytics

Notificação de doenças provocadas pelo zika passa a ser obrigatória

O ministro da saúde Marcelo Castro afirmou nesta quinta-feira (18/02) que as notificações de doenças provocadas pelo vírus zika passam a ser compulsórias no Brasil. Com a obrigatoriedade das notificações, o ministro disse que pretende manter uma contabilidade melhor dos casos de microcefalia provocadas pelo zika. Até hoje, a microcefalia era notificada como uma doença congênita – que pode ser causada por diversos fatores, sendo o zika um deles.

“Publicamos nesta “quinta-feira, (18)” uma portaria tornando a enfermidade do vírus da zika de notificação compulsória no Brasil. No caso da microcefalia, embora já houvesse a necessidade de notificação, ela estava entre outras inúmeras malformações congênitas e, a partir de agora, daremos um destaque especial. O que a portaria faz, na prática, é tornar obrigatória a notificação do vírus da zika relacionado à microcefalia”, afirmou o ministro.

Além da microcefalia, pesquisas recentes mostraram que o zika pode causar outras complicações no desenvolvimento de bebês atacados durante a gestação: eles podem ter problemas de visão e, mesmo quando não têm microcefalia, podem apresentar má formação cerebral. (Época)
(mais…)

Governo estuda multa para quem mantiver focos de Aedes aegypti em casa

O ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, disse nesta segunda-feira (15/02) que o governo federal estuda uma multa para quem continuar a manter focos do mosquito Aedes aegypti em seu imóvel. Segundo ele, a presidenta Dilma Rousseff encomendou um estudo à Advocacia-Geral da União para saber se cabe esse tipo de multa em nível federal já que o país está em uma situação de emergência de saúde.

A medida foi discutida em reunião na manhã desta segunda-feira (15) entre a presidenta com nove ministros para fazer um balanço do Dia Nacional de Mobilização contra o Mosquito Aedes Aegypti, que ocorreu em todo país no sábado (13/02).

“Dentro dessa reunião veio a possibilidade de estabelecimento de multa como forma de acionar os proprietários de terrenos baldios, residências ou casas fechadas. A multa seria para os casos em que as pessoas se recusassem ou reincidissem em manter focos do mosquito dentro das residências. Se ‘o proprietário do imóvel’ não deixa entrar, ‘o agente público’ entra por força da medida provisória. Se tiver foco do mosquito, então a pessoa está infestando a sua rua e seu município. Cabe multa pela irresponsabilidade na manutenção do seu imóvel, seja terreno, seja casa fechada”, disse Jaques Wagner.( Informações: Blog do Valente |foto: O Globo  ) (mais…)

Você se estressa facilmente ao ponto de passar mal? Pode ser Síndrome de Burnout

O estresse faz parte do dia a dia no ambiente de trabalho de qualquer profissional. Isso acarreta desgaste e exaustão. É preciso que estejamos atentos porque esses sinais podem denotar que o profissional esteja com Síndrome de Burnout.

  Mas o que é a Síndrome de Burnout?

A palavra Burnout vem do inglês “burn” que quer dizer “queima” e “out” que significa “exterior.”, Ela se manifesta por meio de quatro dimensões sintomáticas: física, psíquica, comportamental e emocional. A Síndrome de Burnout é também chamada síndrome do esgotamento profissional. Pode-se dizer que é uma resposta do corpo e da mente diante do estresse enfrentado no dia a dia com alto nível de tensão no ambiente de trabalho.

Há pessoas que desconhecem que haja esse tipo de síndrome e é até confundida como depressão. Geralmente os profissionais mais acometidos por essa síndrome são aqueles cuja profissão exige envolvimento interpessoal direto e intenso, e alta carga de trabalho, como professores, enfermeiros, médicos, jornalistas, bombeiros agentes penitenciários, etc.. É preciso que estejamos atentos aos sinais que podem ser apenas cansaço ou significar um esgotamento profissional.

  Alguns sintomas físicos apresentados:

  • Tonturas;
  • Problemas digestivos;
  • Excesso de cansaço que pode gerar ausência no trabalho;
  • Dor de cabeça;
  • Dores musculares;
  • Falta de ar;
  • Demora excessiva para cumprir uma tarefa no trabalho.

  Alguns sintomas psíquicos apresentados:

  • Agressividade;
  • Mudanças constantes de humor;
  • Dificuldades de concentração;
  • Baixa autoestima e pessimismo;
  • Lapsos de memória;
  • Ansiedade;
  • Isolamento dos colegas de trabalho;
  • Insônia;
  • Desmotivação no trabalho.

    Tratamento

beneficios-da-atividade-fisica-regular-2-5431Segundo Dr. Dráuzio  “O diagnóstico da Síndrome de Burnout  é feito levando-se em consideração a história de cada paciente e sua realização pessoal no trabalho. A indicação para tratar o problema é através de psicoterapia e uso de antidepressivos. Mudanças no estilo de vida, incluindo a prática de exercícios físicos regularmente e também de relaxamento, são indicadas para ajudar no controle dos sintomas. É importante, ainda, evitar o consumo de álcool e outras drogas, além de avaliar a interferência do trabalho na qualidade de vida”.

 Fica um alerta: É preciso que saibamos cuidar de nosso bem estar. Se percebermos sinais que denotam que algo está errado em nós, devemos buscar orientação especializada.

Além disso, é necessário que saibamos nos avaliar constantemente: como está nossa carga de trabalho? Tenho me sobrecarregado  de tarefas a ponto de não dar conta? Tenho alimentado preocupações excessivas no trabalho? Tenho levado muitas preocupações de trabalho para minha casa? Tenho tido tempo para mim mesmo?  Como anda meu humor? Tenho tido tempo para uma boa noite de sono?

Segundo pesquisas, essa síndrome tende a se espalhar  muito, sobretudo atingindo os professores, profissionais que enfrentam sobrecarga de trabalho com  jornada dupla ou tripla; enfrentam  muito estresse no dia a dia; grandes demandas e desafios; falta de suporte profissional; baixos salários; desmotivação; falta de apoio familiar na escola; indisciplina dos alunos – alguns dos fatores que acarretam desgastes desses profissionais da educação.

Não acumule estresse! Não leve sobrecarga de trabalho para seu lar. Tenha tempo para você mesmo. Não viva somente em função do seu trabalho.  Saiba cuidar de você com carinho e atenção, afinal seu bem estar é crucial para que você esteja bem física, mental e emocional.

Há uma frase de Wiliam Skakespeare que diz: “Nossos corpos são nossos jardins, nossas vontades são nossos jardineiros”. Isso quer dizer que nosso corpo e mente formam um jardim e nós precisamos ser o jardineiro para cuidarmos muito bem deles. (Jocinere Soares, colunista do Tribuna do Recôncavo, é pedagoga e pós graduada em psicopedagogia clínica e institucional)

Município de São Felipe se mobiliza no combate ao mosquito Aedes Aegypti

Aconteceu na cidade de São Felipe, no Recôncavo Baiano, na tarde de sexta-feira (12/02), uma reunião no Colégio Luiz Eduardo com todos os secretários municipais, profissionais da Secretaria de Serviços Públicos que são responsáveis pela limpeza do município, coordenadores pedagógicos, profissionais da Secretaria de Educação, ACS, ACE, representante do NASF, profissionais da ação social, entre outros.

Segundo a Diretora da Vigilância em Saúde, Bruna Moura, o encontro teve como objetivo principal unir forças para combater o mosquito Aedes Aegypti. Na oportunidade, a Secretaria Municipal de Saúde, através da VIEP, apresentou os dados epidemiológicos do município relacionados a dengue, chikungunya e zika, como também os dados do Índice de Infestação Predial de 2015 e 2016, com o intuito de socializar informações sobre o diagnóstico municipal em relação às doenças causadas pelo mosquito. Também discutiu-se sobre a relevância das ações a serem intersetorializadas.

Ainda segundo Bruna, os participantes foram informados sobre as ações já desenvolvidas no município, desde o ano passado e também as já realizadas no início desse ano. “Após essa reunião, muito mais ações serão realizadas para controlar o Aedes Aegypti, com a participação de todo o município, pois o Prefeito Francisco Andrade e seus secretários municipais estão dando prioridade para esse enfrentamento”, disse.

A diretora finalizou ressaltando que a rede de saúde do município de São Felipe já foi capacitada para acolher qualquer usuário com sintomas das doenças transmitidas pelo Aedes Aegypti. (Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações e fotos: ASCOM-PMSF)

IMG-20160213-WA0313[1]IMG-20160213-WA0311 (mais…)

Com presença do governador, Santa Casa de Valença inaugura 1º Centro de Parto Normal do Baixo Sul

Em meio a aplausos e com a presença de autoridades, a Santa Casa de Misericórdia de Valença realizou diversas inaugurações nesta sexta-feira (12). O investimento dos novos serviços soma cerca de R$ 1,4 milhão. O valor é fruto de convênios firmados com a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), de emenda parlamentar e recursos próprios da instituição filantrópica.

O provedor da Santa Casa, Guido Magalhães Júnior, recebeu no evento o Governador do Estado, Rui Costa; o Secretário de Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas; o Deputado Federal Antônio Brito; o Deputado Estadual Hildécio Meireles; o Presidente da Federação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas do Estado da Bahia (FESFBA), Maurício Dias e a Prefeita da cidade de Valença, Jucélia Nascimento, entre outras autoridades locais.

Entre as inaugurações, tem-se o primeiro Centro de Parto Normal do Baixo Sul da Bahia, que vai realizar uma média de 120 partos mensais e possui capacidade para ampliar esse número, e os novos serviços de tomografia e endoscopia, os únicos de Valença e municípios adjacentes a oferecer exames através do SUS – inicialmente, aproximadamente, 100 exames serão realizados por mês.

Também foi apresentado à população o novo espaço de fisioterapia, além do novo veículo adquirido com recurso do programa Sua Nota é um Show de Solidariedade. (Texto: Camilla Oliveira e Andrea Marnine/ASCOM | Fotos: Clériston Soares/ASCOM)FOTO CLERISTON SOARES 2 (mais…)

Bahia registra mais uma morte sob suspeita de microcefalia

Subiu para 11 o número de mortes sob suspeita de microcefalia na Bahia, conforme balanço divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) nesta quinta-feira (11). O 11º óbito foi registrado no município de Presidente Tancredo Neves, a 253 quilômetros de Salvador.

As outras dez mortes suspeitas foram nos municípios de Camaçari (1), Campo Formoso (1), Esplanada (1), Itabuna (1), Itapetinga (1), Olindina (1), Salvador (3) e Tanhaçu (1).

O número de casos notificados da doença também aumentou de 618 para 701 (+13,4%) em uma semana. O último boletim do órgão tinha sido apresentado no dia 2 de fevereiro. Os casos registrados compreendem o período entre outubro de 2015 e 9 de fevereiro deste ano.

A Sesab explica que nos 701 casos notificados, os bebês apresentaram perímetro cefálico menor ou igual a 32 centímetros. Dos 417 municípios baianos, 115 já notificaram casos de microcefalia. Salvador tem o maior número de ocorrências (360), correspondendo a 51% do total de casos. No último levantamento, a capital tinha 324 registros. (G1) (mais…)

Exército fará ações de combate a focos do mosquito da dengue em Feira de Santana

As ações de combate ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya [Aedes Aegpty] em Feira de Santana vão receber reforço do exército. Isso porque o 35º Batalhão de Infantaria recebeu autorização do comando geral do Exército para fazer ações. Primeiro, está previsto um trabalho de conscientização com a distribuição de panfletos e material de alerta a comunidade e depois serão realizadas ações diretas para erradicar criadouros do mosquito.

Segundo o comandante do 35° BI, tenente-coronel Claudio Bouças,  a partir do dia 13 de fevereiro, os militares vão percorrer alguns bairros com a intensão de conscientizar a sociedade sobre o combate ao mosquito aedes aegypti. Do dia 15 ao dia 18 de fevereiro, os militares vão percorrer casas e terrenos baldios, desde que autorizados, para fazer o combate com o uso de larvicida. (Acorda Cidade e Bahia Noticias) (mais…)

S. A. de Jesus: Maior índice de infestação do Aedes Aegypti é encontrado no São Benedito

O gerente de endemias Wanderson Santos, informou nesta quarta-feira (03/02) que o índice de infestação do Aedes Aegypti em Santo Antonio de Jesus tem sido de 0,3%, no entanto a cidade não está isenta de problemas com o mosquito. Segundo ele, é necessário a união de forças para combater esse inseto.

“Em todos os bairros de Santo Antônio de Jesus foram encontrados focos do mosquito, contudo nas últimas semanas no bairro São Benedito foi encontrado um maior índice de positividade, no qual tem recebido uma maior atenção”. 140115Ainda segundo Wanderson, o fornecimento de larvicida foi normalizado com restrições de uso e os agentes estão priorizando a eliminação do criadouro por ser mais eficaz.

Quanto a circulação do carro fumacê, o entrevistado informou que não depende da solicitação do município, “a equipe precisaria realizar essa solicitação para a Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Sesab e o Estado avaliaria alguns critérios para a liberação do carro”, contou. Para acionar o setor de endemias da Secretaria de Saúde em Santo Antonio de Jesus basta ligar para: (75) 3632-4479 / 4379. (Editado por Tribuna do Recôncavo | Informações: Voz da Bahia) (mais…)

Saúde destina recursos para custeio de cirurgias eletivas em Santo Antônio de Jesus e em mais 17 municípios baianos

O Ministério da Saúde determinou, em portaria publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (25/01), o remanejamento de recursos financeiros destinados ao custeio da execução dos procedimentos cirúrgicos eletivos na Bahia. A decisão considera estratégia para ampliação do acesso aos procedimentos no Sistema Único de Saúde (SUS), redefinida em julho de 2015.

Estão incluídos na portaria os municípios de Alagoinhas, Candeias, Cansanção, Feira de Santana, Gandu, Irecê, Jequié, Lauro de Freitas, Madre de Deus, Muritiba, Paramirim, Santa Luz, Santo Antônio de Jesus, São Felix, São Sebastião do Passé, Vitória da Conquista, Iaçu e Itaberaba. A portaria ressalta ainda que o remanejamento não acarretará impacto financeiro para o ministério. (Bahia Notícias) (mais…)

Anvisa suspende lotes de anti-inflamatórios diclofenaco e nimesulida

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária suspendeu nesta quinta-feira (14/01) a distribuição e a venda dos lotes dos anti-inflamatórios diclofenaco, estolato de eritromicina e nimesulida da empresa Prati Donaduzzi. A decisão foi tomada porque a empresa alterou o processo de produção dos três medicamentos sem prévia avaliação da agência reguladora.

A Anvisa também determina que a empresa recolha o estoque existente no mercado e recomenda que quem tenha o produto em casa não faça uso. Os lotes do diclofenaco sódico 50 mg suspensos são todos produzidos até dia 19 de outubro de 2015. Já o estolato de eritromicina 50 mg/mL suspensão oral e a nimesulida 50 mg/mL suspensão oral tiveram suspensos todos os lotes produzidos com irregularidade, sem especificação de data.

Em nota, a empresa afirma que seus produtos atendem os mais altos padrões de qualidade e eficácia na sua plenitude, “uma vez que as constatações pós-registro são de ordem documental”. A empresa diz que está tomando todas as medidas cabíveis para resolver a situação o mais breve possível. (Ibahia) (mais…)

Aumetam em 75% os casos suspeitos de microcefalia na Bahia

Subiu para 316 o número de notificações ou casos suspeitos de microcefalia na Bahia, segundo boletim divulgado pelo Ministério da Saúde na terça-feira (15/12), o que mantém o estado em terceiro no ranking nacional. No último boletim, eram 180 notificações relacionadas ao vírus zika.

Ao todo, 60 municípios baianos tiveram casos notificados. Sete mortes foram registradas na Bahia por microcefalia.
Em todo o país, até a sexta-feira (12), foram registrados 2.401 casos suspeitos de microcefalia e 29 mortes em 549 municípios.

Desses casos, 134 casos foram confirmados e 102, descartados. Em relação aos óbitos, foi confirmado um, enquanto dois foram descartados. 26 mortes estão em processo de investigação. (Editado por Tribuna do Recôncavo | Informações: Bocão News e Correio24h) (mais…)

Número de suspeitas de microcefalia sobe para 150 na Bahia

Foram identificados na Bahia 150 casos suspeitos de microcefalia até o dia 3 de dezembro. O novo balanço da Secretaria de Saúde estadual foi divulgado nesta segunda-feira (07/12). Há três dias, eram 112 a quantidade de notificações. Ao todo, seis bebês já morreram em decorrência da doença. Os óbitos ocorreram nas seguintes cidades: Salvador (1), Itapetinga (1), Olindina (1), Tanhaçu (1), Camaçari (1) e Itabuna (1).

De acordo com a Sesab, dos 150 casos registrados, 86 estão confirmados com perímetro encefálico igual ou menor que 32 centímetros. Além disso, há ainda 64 notificações sem informações sobre o perímetro encefálico. As cidades com maior número de suspeitas que têm indicativo de perímetro são Salvador (53), Lauro de Freitas (4) e Camaçari (3).

A Sesab ressalta a importância de que a suspeita, notificação e registro de casos de microcefalia sejam computados para o processo de investigação, para a identificação de causas e acompanhamento da evolução dos casos. A Sesab aponta que todos os casos que se enquadrem na definição do Ministério da Saúde sejam comunicados em até 24 horas pela equipe do local onde foi realizado o diagnóstico. (Editado por Tribuna do recôncavo | Informações: G1) (mais…)

Seis mortes de bebês por microcefalia são confirmadas na Bahia

Seis mortes de bebês com perímetro encefálico igual ou inferior a 33 centímetros foram divulgadas por meio de nota pelo Governo da Bahia, na manhã de sexta-feira (04/12). Os dados são referentes até o dia 1º de dezembro de 2015. Os municípios onde as mortes foram registradas são: Salvador (1), Itapetinga (1), Olindina (1), Tanhaçú (1), Camaçari (1) e Itabuna (1).

Ainda de acordo com o governo, foram notificados 112 casos suspeitos de microcefalia, identificados em 34 municípios, dos quais 26 foram confirmados. Devido ao quadro epidemiológico na Bahia, o Governo do Estado anunciou o início do funcionamento do Centro de Operações de Emergências em Saúde do Governo da Bahia na próxima quinta-feira (10).

O Centro de Operações também será responsável pelo envio de equipes para auxiliar os municípios na investigação em campo, clínica e laboratorial, bem como o estabelecimento de um plano para controle das microcefalias e redução dos agravos.

fta20140516053Microcefalia por Zika vírus: Os cientistas têm feito um trabalho de detetive. Primeiro descartaram causas genéticas, porque a mudança no padrão epidemiológico se deu de uma hora para outra. Depois, foram atrás do que mudou na região e então voltaram a atenção para os casos de Zika vírus, novidade de 2014. A hipótese é que o vírus, primo da dengue e transmitido também pelo Aedes aegypti, atravessaria a barreira placentária e entraria no corpo da criança prejudicando a formação do cérebro.

Prevenção: Todo mundo pode colaborar na prevenção, principalmente lutando contra o acúmulo de água e lixo que atraem mosquitos. É hora de também colocar tela na casa e usar mosquiteiro. E abusar do repelente, seguindo as orientações do rótulo. Quem está pensando em engravidar, deve levar essa situação em conta e quem já espera o bebê deve tomar cuidado com picadas de mosquito, mesmo que já esteja em fase adiantada de gestação. (Editado por Tribuna do Recôncavo | Informações: G1)

Mais uma doença causada pelo mosquito da dengue, microcefalia deixa grávidas com medo

O noticiário de Saúde no Brasil está dominado pelo surto de microcefalia no Nordeste, uma anomalia congênita caracterizada pela alteração no tamanho do crânio do recém-nascido – bem abaixo da média, que possivelmente pode está sendo transmitida pelo famoso mosquito Aedes aegypti (o mesmo que transmite o vírus da dengue).

Como o surto de Zika, foi diagnosticado inicialmente em Pernambuco e depois na Bahia, a dúvida é se a microcefalia pode também chegar forte por aqui. Dados da Secretaria de Saúde do Estado colocam a Bahia em sexto lugar no país no número de casos suspeitos de microcefalia, com 37 suspeitos e 13 confirmados.

A microcefalia pode ser diagnosticada ainda na gestação e deixa sequelas como problemas cognitivos, de visão e audição. Vários fatores podem provocar a doença, como a má nutrição das mães, o uso de drogas e álcool durante a gravidez e doenças como rubéola e toxoplasmose. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, três mulheres grávidas deixaram de viajar para Pernambuco e Bahia por medo da doença.

No caso específico de Pernambuco, investigadores analisam uma possível relação com o zika – vírus transmitido pelo Aedes Aegypti e que causa coceira na pele e febre baixa. Algumas das mães apresentaram alguns desses sintomas no início da gestação. Com a chegada do verão, os municípios devem aumentar as ações de combate ao mosquito da dengue em áreas de risco, realizando mutirões intersetoriais para erradicá-lo. (Redação: Tribuna do Recôncavo | Referência: Veja, G1 e Folha de São Paulo) (mais…)

Sesab aponta aumento no número de casos de Guillain-Barré na Bahia

Conforme dados divulgados pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) nesta última quarta-feira (02/12), os casos da Síndrome de Guillain-Barré, conhecida como Zica Vírus, mais que dobraram na Bahia nos últimos cinco meses. Até novembro, o número de casos confirmados aumentou de 29 para 64. Uma mulher de 26 anos já morreu vítima da doença na Bahia.

A Síndrome de Guillain-Barré teve início após o surto de Zika no estado, identificado a partir de fevereiro de 2015. Em maio, o Ministério da Saúde informou a validação da metodologia utilizada pelos pesquisadores da Universidade Federal da Bahia (UFBA) que identificaram a doença como Zika Vírus.

Na Bahia, os municípios com maior frequência de casos suspeitos de Zika são Salvador, Camaçari, Itabuna, Senhor do Bonfim, Monte Santo e Feira de Santana, Simões Filho, Santo Antônio de Jesus, Eunápolis e Alagoinhas, segundo o último boletim divulgado pela Sesab, no dia 19 de novembro. ( Editado por Tribuna do Recôncavo | Informações: Metro 1) (mais…)

Santa Casa de Valença vai realizar mutirão de cirurgias de catarata pelo SUS

A Santa Casa de Valença, no Baixo Sul da Bahia, em parceria com o Dayhorc – Hospital de Olhos Ruy Cunha, realizará um mutirão de cirurgias de catarata para atender a população valenciana e da região pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Estão aptas a serem atendidas gratuitamente os idosos com idade igual ou superior a 60 anos ou com diagnóstico prévio de catarata, sendo necessário apresentar identidade e cartão SUS. A previsão é de 200 cirurgias por mês, que serão marcadas pelo município.

A Santa Casa de Valença também realiza o procedimento através de convênios e particular. Mais informações pelo e-mail mutirao@scmvca.org ou pelos telefones (75) 3641-8410/8433. (Editado por Tribuna do recôncavo | Informações: ASCOM) (mais…)

Voltar à página inicial