Gongogi vai ganhar nova escola de tempo integral

Gongogi vai ganhar nova escola de tempo integral - gongogi, bahiaComplexo Poliesportivo Conceicao do Coite | Foto: Camila Souza/GOVBA

O município de Gongogi (BA) ganhará uma nova escola de tempo integral, onde serão investidos R$ 9 milhões. O governador Rui Costa anunciou a licitação para as obras no sábado (19) durante agenda no município do Sul da Bahia.

A nova sede do Colégio Estadual José Araújo Pereira terá laboratórios, auditório, biblioteca, refeitório, quadra poliesportiva coberta, campo society e pista de atletismo. O prédio atual da unidade de ensino da cidade irá passar por alguns reparos e será cedida ao município, para instalação de uma creche.

Segundo o secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues, os investimentos incluem a contratação de profissionais da educação. “Vamos fortalecer com o concurso público e a chamada de servidores para que possamos ter a devida estrutura e, assim, continuarmos fazendo educação profissional e educação em tempo integral”, disse Rodrigues. (mais…)

Poções e mais 6 cidades aderem programa que estende funcionamento de UBS e USF

Poções e mais 6 cidades aderem programa que estende funcionamento de UBS e USF - pocoes, ipira, iguai, gongogi, destaque, camaca, bom-jesus-da-lapa, bahiaFoto: Alberto Coutinho/ GOV-BA

Mais sete cidades baianas foram consideradas aptas pelo Ministério da Saúde a receberem incentivos de custeio e implantação ao Programa Saúde na Hora. Com a estratégia, os municípios Bom Jesus da Lapa, Camacã, Cocos, Gongogi, Iguaí, Ipirá e Poções poderão implantar horário estendido de funcionamento das Unidades de Saúde da Família (USF) e Unidades Básicas de Saúde (UBS). A adesão foi publicada na edição desta terça-feira, dia 31, do Diário Oficial da União (DOU).

O programa viabiliza o custeio aos municípios e Distrito Federal para implantação do horário estendido das unidades. O Ministério da Saúde prevê possibilidade de adesão em quatro tipos de formato de funcionamento em horário estendido: USF com 60 horas semanais, USF com 60 semanais horas com Saúde Bucal, USF com 75 horas semanais com Saúde Bucal e USF ou UBS com 60 horas semanais Simplificado.

Das cidades contempladas nesta terça-feira, dia 31, Ipirá, na Bacia do Jacuípe, foi contemplada com USF com 60 horas e as demais cidades com a modalidade USF ou UBS 60 horas Simplificado. Em todo o Brasil, 211 Municípios e 373 Unidades de Saúde da Família foram contemplados, conforme a portaria publicada no DOU.

Bahia Noticias

Gongogi: Homem morre afogado ao tentar atravessar rio de canoa

Gongogi: Homem morre afogado ao tentar atravessar rio de canoa - gongogi, destaque, bahia, transitoFoto: Arquivo Pessoal

Um homem de 36 anos morreu afogado no município de Gongogi (BA), na região de Ubaitaba, no Sul da Bahia.

No último domingo, dia 28, Claudionor Alves de Jesus fazia uma travessia de canoa, no Rio de Contas, quando desapareceu. Claudionor retornava do Distrito de Tapirama para sua casa, localizada numa fazenda no outro lado do rio. Suspeita-se que ele tenha caído da canoa, já que o mesmo foi visto consumindo bebidas alcoólicas antes da travessia.

O corpo de Claudionor foi encontrado no Rio de Contas nesta última segunda-feira, dia 1º, por uma equipe do 5° Grupamento de Bombeiros Militar de lhéus, com auxílio de populares.

Redação: Tribuna do Recôncavo | Informações: Bahia em Dia

Gongogi: Idoso com Covid-19 morre 4 dias após apresentar sintomas

Gongogi: Idoso com Covid-19 morre 4 dias após apresentar sintomas - gongogi, bahiaFoto: Reprodução/ Vídeo - Giro em Ipiaú1

Morreu na última sexta-feira, dia 10, Hamilton Ribeiro, de 72 anos, residente no município de Gongogi (BA), na região de Ubaitaba.

O idoso apresentou sintomas de coronavírus na segunda-feira, dia 06, foi submetido ao exame que testou positivo, e morreu 4 dias depois. Ele estava internado na UTI de um Hospital de Itabuna. O paciente também tinha pneumonia viral.

Até sábado, dia 11, Gongogi tinha 72 pessoas sendo monitoradas: 36 na sede, 26 em Nova Palma e 10 em Tapirama. Após a morte do idoso, moradores de Nova Palma realizaram na Sexta Feira Santa uma barreira na entrada do povoado impedindo a chegada de visitantes e turistas vindos de outras cidades

Redação: Tribuna do Recôncavo | Informações: Ubatã Notícias