Adalto Assis Oliveira foi imprensado contra a parede do casco de uma embarcação por uma pá carregadeira, no Porto de Aratu, na noite do último domingo (26). Oliveira trabalhava como estivador, técnico responsável pela colocação, retirada e/ou arrumação de cargas nos porões ou sobre o convés de embarcações principais e auxiliares. Segundo informações, Adalton foi até o navio, que estava carregado de fertilizantes, para concluir um serviço de descarregamento.

Uma testemunha informou à polícia que o funcionário estava de costas e não viu quando a máquina engatou a ré e seguiu na direção dele. Ainda de acordo com a testemunha, alguns colegas do estivador gritaram para que o motorista da pá escavadeira parasse o veículo, mas não deu tempo de evitar o acidente e ele caiu desacordado.

A empresa TGS Estivador, onde Adalto trabalhava, através de nota à imprensa, lamentou o ocorrido e prestou solidariedade aos familiares, informando que está oferecendo o suporte necessário. No documento, a empresa ainda disse que as autoridades competentes já estão apurando os fatos.

Bahia Noticias