Com a explosão de uma agência bancária em Abaré, no Norte baiano, na noite desta terça-feira, dia 06, os serviços bancários no município ficam suspensos. O município dispõe apenas de uma unidade bancária, a do Bradesco, que ficou destruída pelas explosões. Uma agência do Banco do Brasil que existia na cidade deixou de funcionar por questões administrativas.

A alternativa agora é percorrer cerca de 50 quilômetros e chegar até as cidades de Chorrochó, ainda na Bahia, e Cabrobó, já em Pernambuco. Para pagamento de auxílio emergencial ainda há uma possiblidade na única lotérica da cidade. Conforme relato de um morador, que preferiu não se identificar, os assaltantes tomaram como refém cinco pessoas – entre elas quatro funcionários da prefeitura – que ficavam na barreira sanitária na entrada do município.

Os reféns foram soltos quando o grupo incendiou os dois carros que usavam na ação já na margem do Rio São Francisco. O fato ocorreu por volta das 20h30, já durante a vigência do toque de recolher, e durou cerca de 40 minutos.

Bahia Noticias