Irmã Dulce: Missa e procissão marcam 25 anos do falecimento da beata

Os 25 anos de falecimento de Irmã Dulce serão homenageados na próxima segunda-feira (13), com missa solene às 17h, no Santuário da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres no Largo de Roma, celebrada pelo arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger.

Durante a cerimônia, serão lembrados os acontecimentos marcantes da vida e obra da freira. No dia anterior, uma procissão parte da Praça Irmã Dulce, localizada no Largo de Roma, tendo como destino a Igreja do Bonfim.

Na Basílica, uma missa será realizada pelo padre Edson Menezes às 17h, encerrando a caminhada. Ao longo do ano, a data será celebrada com outros eventos, como programação que incluirá exposições, campanhas sociais, shows musicais, entre outros eventos.

“A obra de Irmã Dulce continua viva e ampliando o atendimento aos mais carentes, como ela sempre desejou. Por isso, não obstante esses anos de partida, uma certeza nos anima: sua presença na ausência”, destaca o capelão das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), frei Mário Erky. (Bahia Noticias)

Padre Anderson é empossado pároco da nova paróquia de Amargosa, Santa Rita

Aconteceu na noite de sexta-feira (03/03) em Amargosa a missa de instalação da paróquia Santa Rita. Na oportunidade foi empossado o primeiro pároco, padre Anderson Aparecido, que até então era pároco da paróquia Santo Antônio de Pádua em Elísio Medrado.

A missa foi presidida pelo bispo diocesano Dom Valdemir Ferreira, e foi concelebrada pelo vigário geral, padre Almiro Rezende Peixoto; pelo novo pároco, padre Anderson Aparecido; pelo pároco da paróquia Nossa Senhora do Bom Conselho, padre José Filho, entre outros sacerdotes.

Padre Anderson é natural de Santo Antônio de Jesus, e Santa Rita é a sua segunda paróquia. O mesmo também exerce a função de reitor do Seminário Menor da Diocese de Amargosa. (Tribuna do Recôncavo)

Padre Marco Antônio fala sobre a Campanha da Fraternidade 2017

Em entrevista para o portal Tribuna do Recôncavo o padre Marco Antônio, pároco da Paróquia São José do Andaiá, falou a respeito da Campanha da Fraternidade 2017. Antes de falar sobre o tema que norteará a CF deste ano, o padre salientou que é importante não confundir a Campanha da Fraternidade com a Quaresma.

O padre ressalta que a Campanha da Fraternidade acontece no período da Quaresma, mas são coisas distintas.  Segundo ele, “a Quaresma é um tempo litúrgico, um tempo de preparação para a páscoa. Um tempo que deve ser de penitência, de jejum, de oração, de conversão e de mudança de vida. E outra coisa é a Campanha da Fraternidade que nos convida para uma conversão social, ou seja, aquele pecado que não é isolado, mas que a sociedade inteira acaba sendo culpada.

De acordo com o padre Marco, a Quaresma existe desde o início da igreja, por outro lado a Campanha da Fraternidade começou em 1964 e existe apenas no Brasil. Geralmente, os temas da CF são sociais, para o religioso é “uma ferida que existe em nossa sociedade e que precisa ser melhor refletida”. Este ano o tema será Biomas Brasileiros e Defesa da Vida, que tem o objetivo de refletir sobre a questão dos biomas e da degradação da natureza que é uma realidade que se agrava a cada dia.

Ainda de acordo com o pároco, no passado, as Campanhas da Fraternidade estão com temas voltados para as questões ecológicas, como o deste ano.  Entretanto, o objetivo da Igreja com essa temática vai além da questão ambiental, busca “uma grande reflexão sobre a vida. Pensar a importância da vida. Esta vida criada por Deus e dada ao ser humano para dela cuidar. A vida em todos os sentidos. A natureza como um todo e seus diferentes biomas. Nessa Campanha da Fraternidade, nós vamos refletir sobre o modo como todos os biomas estão sendo ameaçados e de um modo especial, nos municípios da Diocese de Amargosa, cujos biomas são Caatinga e Mata Atlântica.”  (Maíra Oliveira/Tribuna do Recôncavo)

COMENTÁRIOS:

Maria do Carmo da Silva Santos: O ser humano movido pelo instinto capitalista devasta, desmata, polui,destrói os biomas e com eles a fauna que destes dependem para sobreviver e manter as relações que preservam o ciclo vital. Ainda não foi capaz de perceber que está se auto- destruindo e levando o nosso planeta à extinção?

S. A. de Jesus: Paróquia São José do Andaiá realizará retiro com membros da DBC

Vai acontecer em Santo Antônio de Jesus o Retiro com os membros da DBC-Dimensão Bíblico Catequética da Paróquia São José do Andaiá. Deverão participar os integrantes da catequese, círculos bíblicos, encontro de pais e padrinhos e encontro de noivos. Vai ser no dia 19 de março, das 7h30 às 13h, na comunidade do Bonfim.

Para Cristiane Nogueira, que faz parte da equipe de coordenação paroquial da DBC, o retiro será um momento de espiritualidade e de encontro pessoal com Cristo. “Iremos fazer a experiência do QUERIGMA e todos os membros estão convidados a comparecer ao encontro”, disse. (Tribuna do Recôncavo)

Diocese de Amargosa: Paróquia de São Benedito em Serra Grande será instalada neste domingo, dia 05

Vai acontecer neste domingo, 05 de março, em Serra Grande, Distrito de Valença, às 9 horas da manhã, a missa de instalação da Paróquia São Benedito, que será presidida pelo Bispo da Diocese de Amargosa, Dom Valdemir Ferreira.

Na oportunidade serão empossados o primeiro pároco, Padre Renildo Brito, e o vigário, Padre David Magalhães, ambos são Missionários Saletinos. A nova paróquia terá 21 comunidades católicas dos setores Serra Grande, Tremedal e Entroncamento. (Tribuna do Recôncavo)

SAJ: Padre Marco deixa recomendação para católicos nesse tempo da Quaresma

O pároco da Paróquia São José do Andaiá em Santo Antônio de Jesus, padre Marco Antônio, falou ao portal Tribuna do Recôncavo sobre a Quaresma, que teve início nesta Quarta-Feira de Cinzas (01 de março), e esclareceu a importância desse tempo para a Igreja Católica. Segundo ele, “a Quaresma é um tempo de quarenta dias de preparação para celebrarmos a Páscoa do Senhor.”

De acordo com o pároco, assim como preparamos nossa casa para dar uma festa, devemos preparar nosso coração para celebrar a Páscoa. Para ele, “a Quaresma exige uma preparação interna da nossa vida. O nosso coração precisa ser bem preparado para celebrar a Ressurreição de Cristo. Por isso, dizemos que a Quaresma é tempo de penitência.”

Padre Marco explicou o que é a penitência e qual o objetivo desse ato. Segundo ele, “a penitência tem como grande objetivo nos ajudar a tomar consciência das nossas fragilidades, dos nossos erros, daquelas situações de nossas vidas que ainda estão distantes do que o evangelho exige de nós.  A verdadeira penitência é aquela que através do jejum, da oração, dos gestos de caridade, nos ajuda a olhar para o nosso coração e para as nossas convivências e ver o que não está correto, o que não está de acordo com o que Jesus nos ensina e que precisa ser modificado.”

O pároco ressalta que na Quaresma esses gestos se tornam mais exigentes, mas deveriam acompanhar o cristão o ano inteiro. “A Quaresma exige que nós intensifiquemos nossas orações, mas a oração, a penitência, o jejum e a caridade devem ser atitudes constantes em nossas vidas”, concluiu. (Maíra Oliveira/Tribuna do Recôncavo).

Joseane: Bastante interessante quando o Pe. Marco nos lembra que é fundamental para a vida do cristão: Oracão, jejum, penitência e caridade não só nesse momento quaresmal mas por todos os dias. Desejo que a quaresna que estamos vivenciando seja transformadora para todos nós!

Diocese de Amargosa: Grupo Filhos de Maria da RCC realiza retiro de carnaval em Nazaré

No período de 25 a 28 de fevereiro aconteceu na fazenda Concórdia, em Nazaré das Farinhas, o retiro de carnaval 2017, promovido pelo grupo de oração da Renovação Carismática Católica (RCC) Filhos de Maria, cujo tema foi “Meu espírito exulta de alegria!”(Lc 1: 47).

O evento católico foi marcado por momentos de louvor, oração, pregações, adoração inclusive ao Santíssimo (com o consentimento do pároco local foi montada uma capela onde o  Santíssimo esteve durante todos os quatro dias do retiro); Missas, descontração e lazer: gincana, luau e sarau musical, baile no espírito; momento de consagração; jantar de gala; retirinho direcionado para crianças e  batismo no espírito, revivendo Pentecostes.

O evento católico deu início no sábado à noite (25) com a celebração da Santa Missa presidida pelo novo pároco da Paróquia Nossa Senhora da Purificação em Nazaré, padre Edézio Ribeiro. Este frisava que as pessoas que ali se encontravam não estavam privados de ir para o carnaval, mas fizeram uma opção de vida; mencionou também que era sua primeira experiência de celebrar num retiro carismático.

No domingo pela manhã (26) houve momentos de louvor, oração e pregação  com o casal de pregadores  Sandra e José, do grupo de oração Vitória de Deus, da cidade de Nazaré, cujo tema foi “Intimidade com Deus”;  à tarde houve a pregação com Isabelle do grupo Filhos da Eucaristia da cidade de Amargosa, cujo tema foi “Meu espírito exulta de alegria.” Ao final da tarde houve a celebração da Santa Missa, presidida pelo padre Ângelo, pároco da paróquia Santo Antonio de Pádua em Muniz Ferreira. Continue Lendo >> (mais…)

25 anos da morte de Irmã Dulce serão celebrados com missa neste domingo, 12

A morte de Irmã Dulce, “o anjo bom da Bahia”, completa 25 anos na próxima segunda-feira (13). Mas as celebrações em sua memória já começam neste domingo (12), com uma procissão que sairá do Santuário da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres, no Largo de Roma, em direção à Igreja do Bonfim, às 16h. Já no Bonfim, uma missa especial será presidida pelo padre Edson Menezes, reitor da Basílica, após o término da procissão, por volta das 17h.

Na segunda (13), dia em que se completam exatos 25 anos do falecimento, uma missa solene será realizada no Santuário da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres com a presença de funcionários, pacientes, moradores, alunos, voluntários e religiosos das Obras Sociais Irmã Dulce, além de amigos e familiares da freira baiana.

A ocasião será presidida pelo arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, e pontuada pela evocação de acontecimentos marcantes na trajetória de amor e serviço de Irmã Dulce em favor dos pobres e doentes. O momento marca a abertura oficial da agenda de homenagens que serão prestadas ao longo deste ano. (Bahia.ba) (mais…)

DIOCESE DE AMARGOSA: Comunicador Márcio fala sobre Encontrão de Líderes da Pastoral da Criança em São Miguel das Matas

O Programa “De Bem Com a Vida” da Rádio Clube de Santo Antônio de Jesus ouviu nesta segunda-feira (06/03), o comunicador diocesano da Pastoral da Criança na Diocese de Amargosa, Márcio Messias, o qual falou sobre o Encontrão Diocesano de Líderes da Pastoral da Criança, que aconteceu neste domingo (05/02) na cidade de São Miguel das Matas. O entrevistado, que foi um dos organizadores do evento, começou sua trajetória na Pastoral da Criança na Diocese de Irecê, mas por motivos de trabalho interrompeu sua atuação, e recentemente mudou-se para São Miguel das Matas, onde se reintegrou a Pastoral.

De acordo com Márcio, o Encontrão de Líderes teve início com uma missa presidida pelo padre Gonçalo Marinho, em seguida foi feita uma caminhada até o local do evento onde o Grupo de Homens rezou o Santo Terço. Segundo o comunicador, o Encontrão foi recheado de muita alegria, oração e emoção. “Também fizemos uma homenagem ao nosso saudoso coordenador diocesano Ronisvaldo Vidal (Rony)”.

Ainda de acordo com Márcio, os voluntários das 27 paróquias levaram pessoas das comunidades para dar testemunhos sobre a importância da Pastoral da Criança na vida de cada um deles. “Foram testemunhos maravilhosos. Além disso, houve apresentações poéticas e musicais”, disse. O evento contou com a presença do Coordenador Estadual Cosme Oliveira.

Márcio também falou sobre o Encontro de Comunicadores da Pastoral da Criança que vai acontecer de 17 a 19 de março, que terá a participação de representantes de cada paróquia da Diocese de Amargosa. Além disso, o comunicador informou que quem quiser ser um voluntário da Pastoral da Criança em São Miguel das Matas, deve procurar a Secretaria Paroquial ou o coordenador Hildeval Aragão, conhecido como “Deu”. (Maíra Oliveira/Tribuna do Recôncavo)

Pastoral da Criança realizará Encontrão Diocesano de Voluntários em São Miguel das Matas

Com o tema: “FAMÍLIA, LUGAR PRIVILEGIADO PARA EDUCAR E AMAR”, a Pastoral da Criança na Diocese de Amargosa convida seus voluntários, famílias acompanhadas e simpatizantes para participarem do Encontrão Diocesano de Lideres.

Procure seu coordenador paroquial e organize sua caravana. Vai ser no dia 5 de março, na Praça Padre Zeferino em São Miguel das Matas. Sua participação é muito importante para fortalecer essa rede de solidariedade, que acompanha crianças e gestantes no mundo inteiro.

Pastoral da Criança – uma missão de amor e vida.   (Tribuna do Recôncavo)

Diocese de Amargosa cria paróquias em Dom Macedo Costa e Muniz Ferreira

Duas novas paróquias foram criadas na Diocese de Amargosa, no sábado (18) foi instalada a Paróquia São Roque em Dom Macedo Costa e no domingo (19) a Paróquia Santo Antônio em Muniz Ferreira. Em Dom Macedo Costa o primeiro pároco é o padre religioso Lourival Hélio, que é natural da cidade de Amargosa, e faz parte da sociedade dos Irmãos Palotinos.

“Tenho 18 anos de padre, já passei por várias cidades, inclusive São Paulo, Curitiba e Maranhão, e agora voltei para a minha Diocese”, assinalou o padre Lourival, que também é reitor do Seminário Maior da Diocese de Amargosa localizado na cidade de Salvador.

Em Muniz Ferreira o primeiro pároco é o padre Ângelo Vieira, que foi ordenado sacerdote no último dia 5 de fevereiro em Castro Alves. Ângelo já tinha desenvolvido estágio em Muniz Ferreira, o que deixou seus novos paroquianos felizes com a sua permanência na cidade.

De acordo com o bispo Dom Valdemir Ferreira, quatro paróquias já foram instaladas, restando ainda três: São Benedito no povoado de Serra Grande em Valença, Santa Rita em Amargosa e Nossa Senhora das Graças em Santo Antônio de Jesus. “É um novo modo de termos a presença da igreja na cidade e no campo”, disse Dom Valdemir, ressaltado que a criação dessas paroquias aconteceu porque o mesmo encontrou um terreno adubado e preparado pelos padres e por Dom João Nilton, seu antecessor. (Tribuna do Recôncavo)

Arqueólogos descobrem “a primeira igreja cristã do mundo”

Arqueólogos encontraram na Jordânia o que acreditam ser as ruínas da primeira igreja cristã. Com cerca de dois mil anos, o espaço subterrâneo fica embaixo da igreja de São Jorge, em Rihab, perto da fronteira com a Síria. “Desenterramos o que pode ser a igreja mais antiga do mundo, datando entre 33 e 70 d.C.”, comemorou Abdul Qader al-Hussan, coordenador do Centro de Estudos Arqueológicos de Rihab.

Ele insiste que sua equipe possui evidências suficientes para crer que “esta igreja abrigou os primeiros cristãos, muito provavelmente entre os 70 discípulos de Jesus Cristo”. Há uma inscrição no local que menciona “os setenta amados por Deus”. Por isso, classifica a descoberta como “fascinante”.

Mencionados no Livro de Atos dos Apóstolos, estes grupo de 70 discípulos, segundo a tradição fugiram da perseguição em Jerusalém e foram para o que hoje é o norte da Jordânia. Na região de Rihab há cerca de 30 antigos espaços de culto cristão, como a que mais tarde se tornou a Igreja de São Jorge, edificada no ano 230 d.C.

Contudo, o espaço subterrâneo abaixo do templo revela que ali a igreja primitiva vivia e praticava a sua fé, escondendo-se da perseguição dos governantes romanos. Reclamada pela Igreja Ortodoxa da Jordânia, maior grupo cristão do país, a caverna de pedra tem um espaço que seriam antigos assentos talhados na pedra e uma área em forma de círculo, que provavelmente ficava algum tipo de altar. Continue Lendo >> (mais…)

Papa admite que existe corrupção no Vaticano

O Papa Francisco admitiu que no Vaticano “há corrupção”, mas que ele vive “em paz”, ao responder algumas perguntas dos superiores das ordens e congregações de religiosos cuja transcrição será publicada pela revista “Civiltà Católica” em seu próximo número. Nessa conversa o papa Francisco falou também do uso do cilício, instrumento que causa dor ou incômodo.

Nesta reunião com os religiosos do dia 25 de novembro, Francisco explicou que nas congregações gerais prévias ao conclave se falava de reformas. “Todos as queriam. Existe corrupção no Vaticano. Mas eu vivo em paz”, admitiu. “Não tomo tranquilizantes”, brincou Francisco, que afirmou que em “Buenos Aires era mais ansioso”, mas que, após ser eleito papa, sentiu uma paz interior que ainda lhe acompanha.

O Papa ainda disse que quando há um problema, escreve uma mensagem em um papel e coloca embaixo da estátua de São José que tem em seu quarto. “Agora São José dorme sob um colchão de mensagens de papel. Por isto eu durmo bem. Durmo seis horas e rezo (…) Esta paz é um presente do Senhor”, afirmou. (Editado por Tribuna do Recôncavo | Fonte: G1)

SAJ: Padre Wilson fala sobre seus planos na Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Nessa terça-feira (07/02) no bairro Cajueiro em Santo Antônio de Jesus, aconteceu a missa de instalação da recém-criada, Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Na oportunidade foi empossado o primeiro pároco, padre Wilson Vitória.  O padre atuou na Paróquia Bom Jesus em Valença e agora foi designado para cuidar da nova paróquia.

O novo pároco agradeceu ao bispo Dom Valdemir pela nova missão e à comunidade por ter abraçado a proposta. “Estou iniciando um novo trabalho depois de 7 anos em Valença, onde também fui primeiro pároco e agora aqui em Santo Antônio, vou fazer com que o trabalho possa continuar com essa rede de comunidades de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, comigo fazendo uma caminhada nova.”

O padre Wilson Vitória também falou a respeito de sua proposta para animar as pastorais.  Segundo ele o objetivo é “ouvir mais o povo, ver suas dificuldades e expectativas. Vamos traçar juntos um projeto dentro da linha da Diocese, com as metas que são comuns em todas as paróquias, mas procurando ver a realidade local. É um caminho que será construído.” Além disso, com relação a data da festa da padroeira o pároco afirmou que “a comunidade sempre celebrou no primeiro domingo de setembro e a proposta é continuar. Aquilo que já vinha acontecendo a gente vai dando continuidade e o que for preciso adaptar, nós vamos adaptando, mas sem muitas mudanças.”

Sobre o atendimento das comunidade, o pároco assinala que todas as comunidades receberão o devido atendimento. “Ainda não conheço a realidade das comunidades, mas todas serão atendidas. Procurarei estar presente, visitando, sendo uma presença evangelizadora. A proposta é levar a palavra de Deus”.

E a respeito do calendário de missas, Padre Wilson convida à todos para participarem das missas que neste domingo (12/02) ocorrerão às 7h:30 da manhã e às 18 horas. Entretanto, ele ressalta que depois da reunião com as lideranças é que os horários fixos serão definidos. Padre Wilson deixou uma mensagem para os paroquianos: “A proposta é estarmos mais perto do povo. Que cada paroquiano, cada morador possa sentir isso. Eu venho para somar.”  (Maíra Oliveira/Tribuna do Recôncavo)

Com igreja lotada paróquia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro foi instalada nesta terça em SAJ

Fieis católicos da região participaram na noite desta terça-feira (07/02) da Missa de Instalação da paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no Cajueiro, em Santo Antônio de Jesus, que foi presidida pelo Bispo da Diocese de Amargosa, Dom Valdemir Ferreira. Padre Wilson Vitória, empossado como primeiro pároco da nova paróquia, agradeceu a Dom Valdemir por ter lhe confiado essa missão e ao povo do Cajueiro por ter abraçado essa proposta.

Para a moradora Raimunda de Jesus, a presença constante de um padre na comunidade vai renovar a fé dos fieis. “Também vamos ter mais condições para levar Jesus aos nossos irmãos, principalmente aos velhinhos aqui do bairro que precisam da Eucaristia e que não podem ir à Matriz de Santo Antônio”, disse.

Dom Valdemir, Bispo Diocesano, deu boas vindas ao Padre Wilson e agradeceu ao Padre Nelson Franca pelo trabalho de evangelização até então desenvolvido no Cajueiro, já que as comunidades da nova paróquia foram desmembradas da Paróquia Santo Antônio.

Neste domingo (12/02) haverá missa na nova igreja matriz às 7:30 da manhã e as 18 horas, posteriormente será realizada uma reunião para definir o horário da missa dominical. E a festa da padroeira será realizada no primeiro  domingo de setembro. (Tribuna do Recôncavo)

‘O dinheiro pode nos fazer escravos’, diz o Papa em mensagem

O papa Francisco enviou nesta terça-feira, dia 7, uma mensagem para a quaresma deste ano, chamada “A Palavra é um Dom. O Outro é um Dom”, e disse que o dinheiro pode “nos fazer escravos” e ser um obstáculo para a paz.

“No lugar de ser um instrumento ao nosso serviço para fazermos o bem e exercer a solidariedade aos demais, o dinheiro pode nos fazer escravos, a nós e ao mundo inteiro, em uma lógica egoísta que não deixa espaço para o amor e que é um obstáculo à paz”, afirmou o Pontífice. O texto, dividido em três partes, analisa a parábola do pobre Lázaro, que pede esmolas aos ricos. Segundo o líder católico, a riqueza é o “principal motivo da corrupção e fonte de invejas, brigas e suspeitas”.

“O dinheiro pode chegar a nos dominar”, “a avidez faz o rico vaidoso” e “o nível mais baixo dessa degradação moral é a soberba”, disse Francisco, que convidou os fieis de todo o mundo a participar das campanhas da Quaresma que muitos organismos eclesiais promovem para que a cultura do encontro cresça cada vez mais. “A Quaresma é um tempo propício para abrir a porta a todo necessitado e reconhecer nele ou nela o rosto de Cristo. Cada um de nós o encontra em seu próprio caminho”, concluiu o Papa na sua mensagem. (ANSA)

Voltar à página inicial