SÃO JOÃO DE SANTO ANTÔNIO DE JESUS (21/06)

Amargosa: Peixe de 30 kg é pescado em fazenda

Amargosa: Peixe de 30 kg é pescado em fazenda - noticias, amargosaFoto: Reprodução/ Criativa On Line

Um peixe da especie Surubim, pesando 30 kg, foi pescado durante a semana na fazenda Vale das Águas, no Ribeirão do Cupido, zona rural de Amargosa (BA).

O Surubim é um peixe encontrado na Bacia do Rio São Francisco, também conhecido como pintado. Este peixe se distingue pela sua cabeça grande e achatada com três pares de barbilhões sensoriais próximos às narinas, corpo alongado e roliço de cor acinzentada, com manchas arredondadas pretas como se fossem pintas e dorso branco. Esta espécie carnívora vive no fundo de rios, lagos e lagoas.

Muitos curiosos ficaram admirados pelo tamanho do animal. No local existe um lago onde os visitantes podem fazer a pesca de forma controlada.

Editado por Tribuna do Recôncavo | Fonte: Criativa Online

Bolsonaro prorroga até 2023 incentivo fiscal a empresas da Sudam e Sudene

Uma lei que prorroga o incentivo fiscal concedido a empresas nas áreas da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) e da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) até 2023 foi sancionada nesta sexta-feira (4) pelo presidente da República Jair Bolsonaro (PSL).

Com o incentivo os empreendimentos considerados prioritários para o desenvolvimento regional tenham direito à redução de 75% do imposto sobre a renda e adicionais calculados com base no lucro operacional gerado pela atividade incentivada.

O incentivo chegaria ao fim em dezembro de 2018, mas o Congresso aprovou a lei, agora sancionada pelo presidente, que estende o prazo. Após a sanção, o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, ressaltou a importância da prorrogação do incentivo. “A decisão do presidente é fundamental para garantir o desenvolvimento econômico das regiões, reduzir as desigualdades sociais e gerar emprego e renda”, disse Canuto. (mais…)

Moradora de Irecê dá à luz quadrigêmeos em Salvador

Moradora de Irecê dá à luz quadrigêmeos em Salvador - destaque, bahiaFoto: Carla Márcia/ Arquivo Pessoal

A moradora de Irecê, na Chapada Diamantina Polyanna Dourado, de 36 anos, que engravidou de quadrigêmeos de forma natural, deu à luz no início da tarde desta sexta-feira (4), no Hospital Santo Amaro, em Salvador.

José Vilela, pai de Polyanna, revelou que o último dos quatro netos nasceu por volta das 12h30. Apesar de nascerem prematuros, aos sete meses e meio de gestação, a mãe e as crianças passam bem.

Dos quatro bebês, três são meninos e uma é menina. Entre os garotos, dois são univitelinos, ou seja, são idênticos fisicamente. Os nomes escolhidos para os recém-nascidos são: Mateus, Miguel (os univitelinos), Leonardo e Júlia.

As crianças têm entre 1,2 kg e 2,2 kg e devem ficar entre 10 e 15 dias na UTI neonatal. Já Polyanna tem previsão de deixar o hospital em dois dias.

Fonte: G1 | Redação: Bahia Noticias

Axé não entra no Top 10 anual das rádios da Bahia desde 2015

Axé não entra no Top 10 anual das rádios da Bahia desde 2015 - bahiaFoto: Pìxabay

Após a Crowley, em parceira da Billboard, divulgar a lista do Hot 100 com as músicas mais executadas em 2018 no Brasil, ressaltando, inclusive, a dominação do sertanejo no Top 10, o ConnectMix – plataforma de monitoramento, auditoria e gestão de áudio em tempo real em rádios e TVs – também disponibilizou, nesta quinta-feira (3), seus dados do ano anterior. Os números confirmaram a predominância do sertanejo no país, ocupando 73% do total de execuções do Top 100 das emissoras.

Como já dito, a Bahia parece estar seguindo a lógica nacional. De acordo com informações do site, o Top 5 durante o ano passado ficou com Gusttavo Lima em primeiro lugar com a música “Apelido Carinhoso” (47.528 execuções), seguido de Zé Neto e Cristiano, com “Largado às Traças – Acústico” (36.739 execuções), Léo Magalhães na faixa “Oi” (33.433 execuções), Thiago Brava e o hit “Dona Maria” (32.578 execuções), e Eduardo Costa na canção “Olha Ela Aí” (28.350 execuções).

A última vez que uma música de Axé figurou na lista das 10 mais tocadas nas rádios baianas foi em 2015, com Claudia Leitte na última posição com a música “Cartório”, que teve 20.684 reproduções. Antes dela, Ivete Sangalo apareceu na sexta posição com o “Amor que Não Sai”, em 2014, acumulando 8.077 execuções. (mais…)

SAJ: Sede da Secretaria da Fazenda do Estado será extinta

SAJ: Sede da Secretaria da Fazenda do Estado será extinta - saj, noticias, destaqueFoto: Reprodução/ Blog do Valente

Após reunião com o secretário da Fazenda do Estado (Sefaz), Manoel Vitorino, o prefeito Rogério Andrade confirmou a extinção da sede da Sefaz na cidade de Santo Antônio de Jesus. Segundo ele, o secretário informou que esta é uma decisão a nível estadual e não há possibilidade de retroceder.

“Ele pontuou que em Cruz das Almas não tem SAC e Santo Antônio de Jesus tem serviços da Secretaria, Cruz atende uma quantidade maior e tem um quadro maior de funcionários na Secretaria, dentre outras ponderações”, disse.

O prefeito Rogério Andrade disse que argumentou em relação a quantidade de contribuintes que tem em SAJ, mas o secretário Manoel Vitorino falou da dificuldade de voltar atrás.

A Sefaz do Estado vai ser extinta em Santo Antônio de Jesus, Jacobina, Eunápolis, Bom Jesus da Lapa, Itapetinga, Itaberaba e Serrinha.

Segundo o prefeito Rogério Andrade, o secretário pediu uma semana para tentar buscar uma alternativa e depois marcar outra reunião para discutir o assunto. “Já acionamos o senador Otto Alencar. A gente lamenta essa decisão, mas vamos continuar tentando”, concluiu o prefeito.

Editado por Tribuna do Recôncavo | Fonte: Blog do VAlente

Não haverá aumento no IOF, Bolsonaro se equivocou, diz ministro

Não haverá aumento no IOF, Bolsonaro se equivocou, diz ministro - brasilFoto Antonio Cruz/ Agência Brasil

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou nesta sexta-feira (4) que o governo federal não vai aumentar a alíquota do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). Ele disse que o presidente Jair Bolsonaro “se equivocou” ao dizer mais cedo que haveria um reajuste.

“Não haverá aumento de IOF”, garantiu Onyx. “Ele [Bolsonaro] se equivocou. Ele assinou a continuidade do projeto da Sudam e da Sudene. Não haverá aumento de impostos”, acrescentou o ministro, que disse que a intenção do governo é reduzir a carga tributária no país.

Durante uma cerimônia realizada em Brasília durante a manhã desta sexta, Bolsonaro disse que o governo aumentaria uma “fração”, sem especificar um percentual. No mesmo evento, ele anunciou a redução da alíquota máxima do Imposto de Renda. (Bahia Noticias