Queimadas: Caso de raiva em animal é identificado após 15 anos sem registro

Queimadas: Caso de raiva em animal é identificado após 15 anos sem registro - queimadas, bahiaFoto: Camila Souza/ GOV-BA

Um caso de raiva foi identificado em Queimadas, na Região Sisaleira, na Bahia, após 15 anos sem registro da enfermidade. O caso foi constatado após resultado de prova biológica em um bovino feita no Laboratório Central [Lacen]. A com a confirmação, a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) informou o fato à Secretaria da Saúde do Estado (Sesab).

Munida da informação, a Sesab iniciou um monitoramento na fazenda onde o animal é criado, assim como em uma área de 12 quilômetros do entorno da propriedade. A Adab também notificou o Centro de Zoonoses da cidade para trabalhar na conscientização dos moradores sobre a importância das notificações, assim como da vacinação contra a raiva.

Mesmo com a identificação da enfermidade, a venda de carne não foi suspensa, sendo indicada ao consumo as com selo de inspeção. No ano passado a Bahia registrou 27 focos de raiva. Só neste ano já são 28 focos registrados no estado.

Redação: bahia Noticias | informações: TV São Francisco

Queimadas: Posto é interditado e multado após gerar aglomeração

Queimadas: Posto é interditado e multado após gerar aglomeração - queimadas, policia, destaque, bahiaImagem Ilustrativa | Foto: Fernanda Carvalho/ Fotos Públicas

Um posto de combustíveis de Queimadas, na região sisaleira baiana, foi interditado e multado por descumprir decreto de toque de recolher. A medida foi aplicada nesta segunda-feira, dia 31. Segundo o município, o estabelecimento, conhecido como Posto R2, descumpriu o decreto que impõe restrições ao funcionamento de serviços na cidade por conta da pandemia da Covid-19.

No local, foi flagrado uma aglomeração. Não foi informado o número de pessoas que estavam no posto. Porém, o decreto permite encontros com até 30 pessoas, desde que os locais cumpram medidas de distanciamento e disponha de álcool em gel. A irregularidade custou R$ 500 ao proprietário do posto.

No caso da interdição, a medida foi tomada pelo fato de o posto funcionar sem alvará. A punição foi formalizada em ação conjunta que envolveu as secretarias da Fazenda, de Desenvolvimento Econômico e Saúde, através da Vigilância Sanitária, entre outros.

Bahia Noticias

Queimadas: Jovem é assassinado no Riacho da Onça

Queimadas: Jovem é assassinado no Riacho da Onça - queimadas, bahiaFoto: Arquivo Pessoal

Um homem de 29 anos foi assassinado no município de Queimadas (BA), na região Sisaleira, na noite deste domingo, dia 9.

Joedson Souza dos Santos estava em frente a uma distribuidora de bebidas, no Riacho da Onça, quando um carro branco encostou e um dos ocupantes – que estava encapuzado – desceu do veículo efetuando vários disparos contra o mesmo.

‘Bilico’, como era conhecido, morreu no local do crime. Até o fechamento dessa matéria a motivação e autoria do assassinato eram desconhecidas.

Redação: Tribuna do Recôncavo | Informações: Notícias de Santaluz

Queimadas: Bovinocultura de leite terá investimento de mais de R$ 400 mil do Governo do Estado

Queimadas: Bovinocultura de leite terá investimento de mais de R$ 400 mil do Governo do Estado - queimadas, bahiaImagem de Couleur do Pixabay

Para fortalecer o sistema produtivo da bovinocultura de leite do município de Queimadas (BA), território de identidade Sisal, o Governo do Estado, por meio do Pró-Semiárido, projeto da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), está investindo mais de R$ 480 mil em dois convênios locais. A iniciativa beneficiará diretamente 238 produtoras e produtores das comunidades rurais Riacho da Onça, Lajedo, Tiririca, Limpo dos Bois, Umbuzeiro Grande e Várzea da Capoeira.

Os convênios foram assinados, no último dia 23, e têm o objetivo de tornar a atividade de produção de leite mais eficiente e rentável. Além disso, a ação do projeto vai possibilitar que os produtores se enquadrem às exigências da Instrução Normativa 77, na qual o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) fixou novas regras para a produção de leite no país, especificando os padrões de identidade e qualidade do leite cru refrigerado, do pasteurizado e do tipo A. Com isso, as famílias vão poder fornecer o leite para indústrias regulamentadas e certificadas, e assim ampliar parcerias e obter melhoria da renda.

Nas comunidades beneficiadas com os convênios, o volume de produção de leite é bem heterogêneo. Há produtores que produzem 10 litros de leite por dia e há também aqueles que chegam a extrair 300 litros. Além da produção de leite, a maioria dos produtores está envolvido com outras atividades complementares, como a criação de caprinos, ovinos, suínos, galinhas e a produção de hortaliças. (mais…)