Traficante que tinha chave de própria cela retorna para Bahia

Traficante que tinha chave de própria cela retorna para Bahia - policia, justica, bahiaFoto: Pixabay

Um dos maiores traficantes de drogas da Bahia, Genilson Lino da Silva, o “Perna”, foi transferido de um presídio federal em Roraima, onde cumpria pena, para o presídio de segurança máxima que fica localizado em Serrinha.  De acordo com o Tribunal de Justiça da Bahia (Tj-BA), a transferência foi realizada na última sexta-feira (18).

O “Perna” estava fora da Bahia desde 2008, quando foi levado do presídio Lemos Brito para Catanduvas, no Paraná. Ele foi preso durante uma operação na capital baiana, no mesmo ano, com duas pistola carregadas, R$ 280 mil e a chave da própria cela na qual estava preso.

Segundo o TJ-BA, como não havia nenhum fato novo que justificasse a permanência do traficante no presídio federal, a Justiça autorizou que ele retornasse para cumprir o resto da pena na Bahia. Não há informações de quanto tempo de pena já foi cumprida e quanto ainda falta. (Bahia.Ba)

Salvador: Após ser espancada, idosa de SAJ se finge de morta para escapar de assaltantes

Uma idosa de 69 anos, natural de Santo Antônio de Jesus, que mora há um ano em Salvador foi espancada e estrangulada após um operador de informática e o comparsa dele entrarem no apartamento dela para roubá-la. Ela conseguiu sobreviver após se fingir de morta enquanto um dos assaltantes apertava o pescoço dela. O caso ocorreu no bairro da Federação em Salvador, na última sexta-feira (18) e a filha da vítima, que preferiu não se identificar, relatou o caso a reportagem nesta segunda-feira (21). Ninguém foi preso.

Segundo a filha da idosa, o notebook e, ao menos, dois celulares da idosa foram levados pelos assaltantes. O caso foi registrado no posto da Polícia Civil do Hospital Geral da Bahia (HGE), unidade para onde a idosa foi socorrida por policiais militares que atenderam à ocorrência, e encaminhado, em seguida, para a Delegacia Especial de Atendimento ao Idoso, que vai investigar o crime. Por conta da agressão, a vítima está com hematomas pelo corpo, levou pontos na cabeça e no pescoço. Ela está internada na unidade semi-intensiva de um hospital particular de Salvador, para onde foi transferida no domingo (20).

Apesar dos ferimentos, a vítima tem saúde estável. Ela conseguiu relatar para a filha, que o técnico procurava dinheiro pelo apartamento, enquanto o comparsa dele a agredia com muros no abdômen e fez ferimentos na cabeça dela. “Engarguelaram e ela escapou ao se fingir de morta. Ela não lembra o que foi usado para fazer os cortes no pescoço e cabeça. Ela fala em arma de fogo, mas eu acredito que foi que algum objeto tipo faca”, disse a filha da vítima.

Assalto (mais…)

Camaçari: Jovem suspeito de estuprar menina de 11 anos já havia cometido crime parecido

Camaçari: Jovem suspeito de estuprar menina de 11 anos já havia cometido crime parecido - policiaFoto: Tony Silva/ Ascom/ PC

Um jovem de 17 anos, suspeito de estuprar e matar Milena Alves, de 10 anos, já havia tentado abusar outra pessoa. A informação foi dada nesta segunda-feira (21) durante entrevista dos delegados e do perito que investigam o caso.

“Existe uma ocorrência na delegacia de Dias D’Ávila em que ele já havia cometido um ato infracional análogo à uma tentativa de estupro”, explicou Maria Thereza Santos Silva, titular da 4ª Delegacia de Homicídios. O adolescente foi localizado no município de Mata de São João no sábado (19) (veja aqui), junto com parentes em um veículo, quando policiais militares da 53ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), faziam patrulhamento.

Ele foi apresentado na delegacia da cidade e em seguida conduzido para a 18ª Delegacia Territorial (DT), de Camaçari. Segundo o perito criminal Ricardo Nery, foi concluído que a vítima foi agredida fisicamente, violentada sexualmente e assassinado por esganadura. (Bahia Noticias)

Adolescente suspeito de estuprar e matar vizinha de 10 anos em Camaçari diz à polícia que monitorava vítima há dois meses

Adolescente suspeito de estuprar e matar vizinha de 10 anos em Camaçari diz à polícia que monitorava vítima há dois meses - salvador, policiaFoto: Reprodução/ TV Bahia

O adolescente de 17 anos suspeito de ter estuprado e matado uma vizinha de 10 anos, na cidade de Camaçari, região metropolitana de Salvador, monitorava a vítima há cerca de dois meses. A informação foi passada, em entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira (21), pela delegada que investiga o caso, Maria Tereza Silva Santos. O menor, que não teve identidade revelada, contou em depoimento que a intenção inicial era roubar o imóvel, do qual era vizinho. Ele detalhou à polícia que estuprou a vítima porque “se encantou” com ela. Além disso, o rapaz relatou que esganou a vítima até a morte por conta dos gritos que ela deu quando estava sendo atacada por ele.

Conforme a delegada, ainda não se pode afirmar que o crime tenha sido premeditado, mas que tudo aponta para essa suspeita, já ele mesmo confirmou que monitorava a vítima. O adolescente completará 18 anos no dia 31 deste mês. A polícia informou que ele entrou na casa da menina cerca de 40 minutos antes dela chegar da escola, por volta do meio dia na quinta-feira (17). Ele arrombou uma janela nos fundos da residência, e se escondeu no box do banheiro, esperando a vítima chegar. Segundo a delegada Maria Tereza, a menina lutou contra o agressor. Havia sinais dessa tentativa de defesa no corpo dela e no quarto.

Antes de fugir do local, o adolescente trocou de roupa na casa dele, e deixou uma bermuda com manchas de sangue. A peça está sendo examinada pelo DHPP, para saber se o sangue é da vítima. Ainda segundo a polícia, na fuga, o adolescente levou o celular da garota, um perfume e um sabonete da residência. Antes de sair do imóvel, ele “arrumou” e cobriu o corpo da vítima, na cama onde a violentou. O corpo da menina foi encontrado pela mãe dela, quando chegou do trabalho no final da tarde. Ao chegar em casa, a mãe de Milena estranhou as luzes estarem apagadas. Ao entrar no quarto da menina, ela achou que a filha estava dormindo. Quando tocou na vítima, para tentar acordá-la, percebeu que ela estava morta. (G1/Bahia)

PRF registra ainda 16 bloqueios de estradas em protesto de caminhoneiros em BRs da Bahia

Um balanço da Polícia Rodoviária Federal (PRF) registra 15 interdições em estradas federais que cortam a Bahia no início da tarde desta segunda-feira (21). Os bloqueios ocorrem em todo país contra os aumentos sucessivos nos preços de combustíveis, principalmente sobre o diesel, normalmente usado nos caminhões.

Os motoristas também reclamam do valor do frete de cargas. Na Bahia, o trecho com mais tempo bloqueado é o da BR-242, na altura do km 890, em Luís Eduardo Magalhães. Lá, o protesto ocorre há 13 horas e 16 minutos [tomando como base o horário de 13h20 desta segunda]. Depois, com mais tempo parado, aparece o km 530 da BR-324, em Feira de Santana. No trecho, o bloqueio ocorre há 12 horas e 36 minutos.

Em terceiro lugar com mais tempo vem o km 520 da BR-116 em Itatim, na região de Itaberaba, com 12 horas de bloqueio. Outros trechos bloqueados ocorrem em: Teofilândia, BR-116; Nova Viçosa, nas BRs 101 e 418; Jequié, BR-101; Riachão do Jacuípe, BR-324; Vitória da Conquista, BR-116; Senhor do Bonfim, BR-407; Capim Grosso, BR-407; Poções, BR-116 e Juazeiro, BR-407. (Bahia Noticias)

Obra de arte avaliada em R$ 20 mil é roubada do MAM

Obra de arte avaliada em R$ 20 mil é roubada do MAM - salvador, policia, culturaFoto: Luciano Oliveira/ Divulgação/ MAM

Uma obra de arte avaliada em R$ 20 mil reais foi roubada do Museu de Arte Moderna (MAM), em Salvador. Funcionários do museu notaram a ausência da peça desde a tarde de quinta-feira (17), mas a ocorrência foi registrada na 3ª Delegacia (Bonfim), na manhã desta sexta-feira (18).

De acordo com a Secretaria da Cultura do Estado (Secult), a obra em questão é uma escultura em gesso de 1997, do artista Maurício Ruiz e pertence ao acervo do próprio MAM. Uma perícia realizada no local na manhã desta sexta vai ajudar na elucidação do furto.

A obra roubada é a primeira que aparece nas imagens divulgadas pela secretaria. A 3ª Delegacia foi procurada, mas não foi possível localizar o delegado titular, nem a delegada responsável pelas investigações. (Correio)

Membro de grupo ligado ao Estado Islâmico planejava atentado no Carnaval de Salvador

Dois homens presos em uma operação para exterminar células do Estado Islâmico no Brasil pretendiam um atentado terrorista no Carnaval de Salvador. De acordo com o Estadão, Matheus Pinaffo, 24 anos, e outro jovem, de iniciais A.A.S., 22, discutiam com outros suspeitos a possibilidade de também promoverem crimes na folia do Rio de Janeiro. Ambos moravam na Bahia.

Segundo o jornal O Estado de São Paulo, na conversa, Brian Alvarado, um peruano que não está entre os acusados, sugere uma ação no Rio inspirada no ataque à Ponte de Londres, em 2017, quando três terroristas do EI atropelaram e esfaquearam pedestres na capital britânica. No ataque, oito pessoas foram mortas e 48 ficaram feridas. Jonatan, no entanto, argumenta que a festa soteropolitana “teria mais pessoas”. (Metro1)

Mutuipense é morto a tiros em Salvador

Mutuipense é morto a tiros em Salvador - policia, mutuipeFoto: Reprodução/ Informe Baiano

Um mutuipense foi morto a tiros na manhã desta quinta-feira (17), no bairro de São Caetano em Salvador. O crime ocorreu na Rua Pires da Mota, por volta das 7h, quando Ubiratan dos Santos Silva, de 35 anos, foi atingido ao trafegar pela via numa motocicleta de dados não informados.

A motivação do crime e os autores são desconhecidos. O corpo foi trasladado para Mutuípe e será velado na residência de familiares na região da Capelinha, o sepultamento acontece as 14h no distrito de Serra Grande, na cidade de Valença. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o homicídio.

Redação: Vale Mais Noticias | Fonte: Informe Baiano

Criança de 10 anos é estuprada e morta dentro de casa

Criança de 10 anos é estuprada e morta dentro de casa - salvador, policiaFoto: Pixabay

Um crime bárbaro chocou os moradores do município de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador. Uma menina de 10 anos foi estuprada e morta dentro da residência que morava na noite desta quinta-feira (17).

O corpo da vítima foi encontrado pela mãe no interior da casa, localizada na Rua da Manoela, no bairro Gleba A. Sem ter a identidade divulgada, a mãe da criança relatou aos policiais que saiu de casa para buscar outro filho na creche e, quando voltou, percebeu que a janela estava arrombada.

O corpo da menor foi removido pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) e o caso é investigado pela Delegacia de Homicídios de Camaçari. O episódio aconteceu horas antes do Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, celebrado nesta sexta-feira, no dia 18 de maio. (Bahia.Ba)

SAJ: Vítimas de assalto a ônibus relatam ação dos elementos

Vitimas do assalto a ônibus na zona rural de Santo Antônio de Jesus falaram da noite de terror que passaram a mercê de elementos armados nesta quarta-feira (16). As estudantes que preferiram não ser identificadas relataram que os assaltantes interceptaram o ônibus e adentraram xingando todos.

“Ficamos transtornadas quando vimos uma situação como aquela”, disse uma vítima. De acordo com elas, os assaltantes recolheram todos os pertences e ameaçaram agredir caso alguém reagisse.

“Foi aterrorizante, nunca passamos por isso e não desejo a ninguém”. O veículo transportava em torno de 35 estudantes da zona rural para o centro do município e foi assaltado na região do Tabocal por volta das 18h.

Reportagem: Itajaí Júnior/ Rádio Andaiá | Redação: Blog do Valente

Caveira do Bope é suspeito de ter matado Marielle Franco, diz site

Caveira do Bope é suspeito de ter matado Marielle Franco, diz site - policiaFoto : Renan Olaz/ Câmara do Rio

Um caveira do Bope (Batalhão de Operações Especiais), tropa de elite da Polícia Militar, é suspeito de matar a ex-vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco (PSOL), segundo o site The Intercept Brasil.

A suspeita levou a Divisão de Homicídios a solicitar ao comando do Bope a apresentação de todas as submetralhadoras HK MP-5 para a realização de exame de comparação balística. Os investigadores já sabem que o autor do crime é atirador de elite. (Metro1)

Um dos homens mortos na cidade de Vera Cruz foi candidato a vereador

Um dos homens mortos na cidade de Vera Cruz foi candidato a vereador - policia, itaparicaFoto: Reprodução/ Divulgacand

Um dos homens mortos na localidade de Gamboa, no município de Vera Cruz, na região metropolitana de Salvador, na manhã desta quarta-feira (16), foi candidato a vereador da cidade onde ocorreu o crime, informou a Polícia Civil. O município fica na Ilha de Itaparica.

Gildomir Araújo Santos, de 40 anos, foi candidato a vereador de Vera Cruz em 2016 pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), mas não foi eleito. Gildomir era cozinheiro e conhecido na cidade como Gil Delícia. O cozinheiro foi morto a tiros na localidade de Gamboa. Na mesma região, um jovem de 22 anos, identificado como Rafael dos Santos Santiago, também foi morto a tiros, na manhã desta quarta.

Os crimes ocorreram nas ruas do Campo e do Cajueiro, que ficam próximas. Não há informações se as vítimas se conheciam. A motivação e autoria dos crimes são investigadas pela Polícia Civil, por meio da Delegacia de Vera Cruz. (G1/Bahia)

Caso Clara: Coordenador do DPT de SAJ fala das evidências encontradas na casa da jovem

O caso da jovem de Muniz Ferreira que denunciou a agressão do ex-esposo causou revolta na população santoantoniense e da região. Clara Emanuele Santos Vieira, 20 anos, relatou constante agressão do ex de prenome Felipe e resolveu denunciar após ser agredida no dia 08 de maio, ficando com graves lesões no rosto. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Santo Antônio de Jesus realizou perícia no local, registrando fotos e colhendo material. Segundo o coordenador do DPT, Lino Oliveira, o ambiente onde possui características de que ocorreu uma briga.

“Encontramos algumas evidências como vestígios de cabelo, uma faca com manchas de sangue e também algumas coisas em desalinho”, disse. De acordo com ele, as lesões em Clara mostram que foram causadas por agressão, porém, só após os exames que o médico legista vai poder apresentar detalhes dos machucados e de que forma foram feitos. “É um caso que chamou atenção da imprensa, da opinião popular e a gente tem que tomar cuidado com o que foi observado e com o que vamos escrever. A vizinhança foi ouvida. Eu não tive contato com Felipe, mas tive com a Clara e realmente ela está muito machucada”, explicou.

Ele informou que a justiça concede a Polícia Técnica um prazo de 10 dias para apresentar os resultados dos exames, caso não precise de algum exame complementar. Diante do quadro de violência contra a mulher que o país apresenta, o caso da jovem teve repercussão nacional. A história de Clara foi transmitida em jornais de TV, sites e blogs de toda a região. Uma página foi criada no Instagram com o nome #Todosporclara, com objetivo de apoiar a jovem e outras vítimas de violência. (Blog do Valente)

Valença: Jovem é assassinado após ter casa invadida por abertura na Laje

Valença: Jovem é assassinado após ter casa invadida por abertura na Laje - valenca, policiaFoto: Arquivo Pessoal

Foi assassinado na madrugada desta quarta feira (16), na cidade de Valença, no Baixo Sul da Bahia, o jovem Nilmar de Jesus Silva, 22 anos, que residia no loteamento Tio Virginio, Caminho, 11. A vítima foi atingida por seis disparos de arma de fogo nas regiões do abdômen, pescoço, cervical, tórax e lombar, sendo socorrido por familiares até o Pronto Socorro da Santa Casa de Misericórdia de Valença, onde recebeu os primeiros atendimentos, mas não resistiu a gravidade dos ferimentos.

Os autores do crime foram três indivíduos que chegaram por volta de 01h48, até a residência da vítima, a pé, e adentraram pela parte da laje. Após o crime, os autores fugiram do local tomando sentido ignorado. A Policia Civil investiga o crime. (Editafo por Tribuna do Recôncavo / Informações:Nas Malhas da Lei)

Ladrão morto por PM havia matado e queimado aposentado em 2017, diz polícia

Ladrão morto por PM havia matado e queimado aposentado em 2017, diz polícia - policiaFoto: Reprodução/ TV Diário

Elivelton Neves Moreira, de 20 anos, que foi morto por uma policial de folga após sacar uma arma em frente a uma escola particular em Suzano (SP), foi apontado como chefe da quadrilha que roubou, matou e queimou o aposentado Renato Brígido, de 58 anos, segundo a polícia. Em 2017, o aposentado ficou desaparecido por quase 20 dias até o corpo ser encontrado em Poá. O corpo do idoso foi encontrado queimado, após o carro dele ter sido roubado. O suspeito deste crime foi morto no sábado (12) depois de, armado, abordar mães na frente da escola, no bairro Cidade Cruzeiro do Sul.

Segundo a PM, a policial Kátia da Silva Sastre viu a movimentação e ouviu uma mãe dizendo que era assalto. Neste momento, ela foi se aproximando, sacou a arma e disparou três vezes contra o suspeito, que morreu no hospital. Uma câmera de monitoramento da escola gravou a ação. O delegado Edson Gianuzzi, do Distrito Central de Suzano, disse nesta segunda-feira (14), que Elivelton Neves Moreira foi identificado como o líder da quadrilha que assaltou e matou o aposentado Renato Brígido, de 58 anos, em 2017. O delegado informou que o rapaz foi um dos sete indiciados no crime.

Segundo Gianuzzi, eles foram indiciados por latrocínio (que é o roubo seguido de morte), ocultação de cadáver e formação de quadrilha. “Esse rapaz foi apontado como chefe da quadrilha, durante o inquérito, por outros envolvidos”, contou o delegado. A Polícia Civil pediu a prisão temporária de Moreira assim como dos outros envolvidos, mas na ocasião ele não foi encontrado. Gianuzzi acrescentou que depois foi pedida a prisão preventiva, mas a Justiça não a concedeu. (G1) Confira o vídeo do momento em que a policial reagiu a tentativa de assalto:

Muritiba: Homens armados invadem casa, matam jovem e deixam outro ferido

Muritiba: Homens armados invadem casa, matam jovem e deixam outro ferido - policia, muritibaFoto: Arquivo Pessoal

Gleisiane de Jesus Lima foi vítima fatal de uma tentativa de homicídio que o alvo era um jovem de conhecido como Pinchel. De acordo com a Polícia Civil, na noite desta segunda-feira (14), dois homens armados chegaram numa moto usando toucas ninjas e invadiram a residência onde estavam as vítimas.

De acordo com a Polícia, Gleisiane se jogou na frente de Pinchel evitando que os disparos atingissem o jovem. A garota morreu na hora. Pinchel mesmo baleado conseguiu fugir dos acusados e está internado no Hospital após ser atingido por três tiros. A Polícia Civil investiga o crime.

Reportagem: Fábio Santos | Redação: Voz da Bahia