Palmeiras: Rocha se desprende de paredão e interdita parte da BA-849

Palmeiras: Rocha se desprende de paredão e interdita parte da BA-849 - palmeiras, transitoFoto: Divulgação/ Prefeitura de Palmeiras

O trecho da BA-849 na altura do município de Palmeiras, na região da Chapada Diamantina, na Bahia, precisou ser parcialmente interditada após uma rocha se soltar de um paredão e cair na via.

A situação aconteceu na noite de sábado, dia 08, e até a manhã desta segunda-feira, dia 10, a pedra não havia sido removida. Quando a rocha cedeu, nenhum veículo passava na estrada e ninguém ficou ferido.

O município de Palmeiras fez um alerta sobre o risco de mais deslizamentos. A gestão também informou que está tomando as medidas cabíveis para resolver.

Bahia Noticias

Ação de combate à crimes sexuais contra crianças cumpre mandados no Sul baiano

Ação de combate à crimes sexuais contra crianças cumpre mandados no Sul baiano - vitoria-da-conquista, palmeiras, noticias, ilheus, destaque, bahiaFoto: Haeckel Dias

Com o intuito de coibir crimes de divulgação de imagens e vídeos de exploração sexual de crianças e adolescentes na rede mundial de computadores, o Laboratório de Inteligência Cibernética da Polícia Civil do Departamento de Inteligência Policial (DIP) e a Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca) deflagraram na manhã desta quarta-feira, dia 15, a operação “Infância Protegida”.

Quatro homens foram presos durante a Operação deflagrada por unidades da Polícia Civil em Salvador e nos municípios de Vitória da Conquista, Jequié, Palmeiras e Antônio Gonçalves. Durante os mandados de busca e apreensão foi encontrado vasto material pornográfico armazenado nos computadores destes envolvidos, que foram presos em flagrante pelos crimes de exploração infantil e abuso sexual Infantil.

“Todo o material apreendido como computadores e celulares, onde o material pornográfico foi encontrado, serão encaminhados para a perícia e nos ajudará aprofundar as investigações”, explicou o coordenador do Laboratório de Inteligência Cibernética, delegado Delmar Bittencourt.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: SSP

Palmeiras: Carreta tomba na BA-824 e impede passagem de veículos

Palmeiras: Carreta tomba na BA-824 e impede passagem de veículos - palmeiras, chapada-diamantina, bahiaImagem Ilustrativa | Arquivo: Tribuna do Recôncavo

Uma carreta ficou atravessada na BA-824, perto da cidade de Palmeiras, na Chapada Diamantina, na Bahia, e interditou o trânsito na região. O caso ocorreu na noite de terça-feira, dia 07, por volta das 21h, e desde então diversos carros e ônibus ficaram presos na via, que só foi liberada na manhã desta quarta-feira, dia 08.

Motoristas e passageiros passaram a noite no local. Segundo testemunhas, o problema teria sido causado por uma manobra indevida feita pelo motorista da carreta, que perdeu o controle do veículo. O nome dele não foi divulgado e não há informações se houve feridos.

A carreta estava atravessada na pista, o que impediu a passagem de veículos nos dois sentidos. Com isso, motoristas e passageiros dormiram no local, de terça para quarta-feira, dia 08, e só puderam retomar seus percursos às 9h, quando uma retroescavadeira retirou o veículo do local. A pista foi totalmente liberada 12 horas após o ocorrido.

G1/ Bahia

Palmeiras: Prefeito assina TAC com Ministério Público para proibir festas na cidade

Palmeiras: Prefeito assina TAC com Ministério Público para proibir festas na cidade - palmeiras, bahiaImagem Ilustrativa de Gerd Altmann do Pixabay

O Município de Palmeiras (BA), na Chapada Diamantina, fez um acordo com o Ministério Público da Bahia (MP-BA) para proibir festas, encontros, reuniões ou qualquer ato que gere aglomeração com mais de 30 pessoas na cidade entre os dias 20 deste mês e 6 de janeiro.

O prefeito Ricardo Oliveira Guimarães assinou nesta sexta-feira (11), o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público estadual, no qual se comprometeu também a proibir a entrada na cidade de ônibus de excursão para eventos festivos.

O Município de Palmeiras, na região da Chapada Diamantina, assinou um acordo com o Ministério Público da Bahia (MP-BA) para proibir festas, encontros, reuniões ou qualquer ato que gere aglomeração com mais de 30 pessoas na cidade entre os dias 20 deste mês e 6 de janeiro. O prefeito Ricardo Oliveira Guimarães assinou nesta sexta-feira (11), Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público estadual onde se comprometeu também a proibir a entrada na cidade de ônibus de excursão para eventos festivos.

Segundo o promotor de Justiça Gustavo Pereira Silva, propositor do acordo, o objetivo é conter o crescimento dos casos de coronavírus em Palmeiras. “É grave o cenário de ocupação de leitos no Hospital Regional da Chapada, por isso tais eventos, que se tornam mais frequentes com a proximidade do natal e réveillon, são inoportunos e comprometedores da segurança sanitária da população”, afirmou o promotor de Justiça. (mais…)

Palmeiras: Moradores impedem família de enterrar morto por Covid-19

Moradores do município de Palmeiras (BA), na Chapada Diamantina, fecharam por conta própria a entrada do distrito para impedir que uma família enterrasse um parente, morto por Covid-19, em um jazigo da família na localidade.

Thissia Ramos afirmou que seu pai, Armando Carlos Mateus Barbosa, de 70 anos, faleceu de Covid-19 nesta terça-feira, dia 26, no Hospital Português, em Salvador, e foi transportado para a localidade, para ser enterrado. Entretanto, a população local interditou a entrada e proibiu a passagem da funerária.

Thissia ainda alega descaso por parte da prefeitura. “O prefeito e o secretário da saúde disseram que não iriam interferir no caso para não gerar desentendimento com a população”, desabafou.

O prefeito da cidade de Palmeiras, Ricardo Oliveira Guimarães, afirmou que equipes da prefeitura desfizeram a interdição possibilitando a entrada da funerária na cidade. Thissia, entretanto, nega a versão, e afirma que o corpo do pai foi levado para outra cidade.

Metro1