O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) tem a quarta maior despesa média com servidores do país, com um custo mensal de R$ 15.059, segundo dados divulgados na edição deste ano do relatório “Justiça em Números”, a principal fonte das estatísticas oficiais do Poder Judiciário.

No item em questão, o TJ-BA ficou atrás apenas de Tocantins (R$ 19.331), Distrito Federal (R$ 15.444) e Rio Grande do Norte (R$ 15.338).

No mesmo levantamento, a Justiça baiana teve a 7ª pior produtividade do país em 2015, conforme o Índice de Produtividade Comparada da Justiça (IPC-Jus), indicador criado pelo Conselho Nacional de Justiça.

Com 60% no índice de produtividade, a Corte baiana fica à frente apenas dos tribunais de Santa Catarina, Espírito Santo, Piauí, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Pará. (Bahia.ba)