Moradores da Rua do Contorno cobram do poder público uma atuação mais enérgica sobre um terreno baldio que vem colocando em risco a saúde das famílias. Além do mato e capim alto, o terreno está cheio de lixo, na maioria das vezes depositado pela própria comunidade. No mesmo lado, mais embaixo passa a Canal do Contorno.

Terreno baldio vira depósito de lixo em Santo Antônio de Jesus - saj

NADJA

A moradora, Dona Nádja, falou sobre a dificuldade que está enfrentando para resolver o problema. “Ligamos para a Secretaria de Infraestrutura, pediram para procurar a Vigilância Sanitária, lá chegando fomos informados que a equipe responsável por esse tipo de fiscalização estava na rua e que depois passava aqui, mas não veio”, disse.

Em casos como esses, recomendamos que a comunidade se organize para conversar com o proprietário do imóvel, se o problema não for resolvido, procure a Prefeitura que por sua vez deverá notificar o proprietário, podendo decretar o terreno como utilidade pública. (Hélio Alves/Tribuna do Recôncavo)