O petista Luiz Alberto tentou renovar seu mandato de deputado federal em 2014, mas os 48,5 mil votos obtidos lhe assegurou apenas uma vaga de suplente para a Câmara dos Deputados. Fora de cargo eletivo desde então, se colocou à disposição do PT para disputar a prefeitura de Maragojipe, no Recôncavo baiano, mas desistiu ao ver o ex-prefeito e correligionário Sílvio Ataliba pontuando melhor nas pesquisas.

Agora, sem mandato eletivo e sem cargo a disputar nas eleições de 2016, o ex-deputado federal acaba de ser nomeado para o posto de assessor especial da Casa Civil do governo do estado e exercerá a atividade na Secretaria Estadual de Relações Institucionais (Serin).

Segundo o novo auxiliar do secretário Josias Gomes, houve um debate dentro do partido para chegar a um consenso sobre a retirada do seu nome do páreo. “Sílvio Ataliba pontuava muito mais que eu nas pesquisas, eu não ia ficar plantando chifre em cabeça de burro, já que as pesquisas mostravam que ele teria mais chances de ganhar”, explicou. (Bocão News)