A denuncia de racismo contra o deputado e presidenciável Jair Bolsonaro (PSL-RJ) foi rejeitada por 3 votos a 2 pela Primeira Turma do STF (Supremo Tribunal Federal). O caso vai ser arquivado.

Bolsonaro foi denunciado em abril pela PGR (Procuradoria Geral da República), devido as declarações consideradas racistas feitas no ano de 2017 em uma palestra no Clube Hebraica do Rio de janeiro.

A analise do caso pela Primeira Turma foi iniciada no dia 28 de agosto. O julgamento foi interrompido por um pedido de vista do presidente da Turma, ministro Alexandre de Moraes. (Metro1)