Oitenta e dois auxiliares de classe da prefeitura de Santa Cruz Cabrália, na Costa do Descobrimento, sul baiano, foram demitidos. O desligamento ocorre a um mês do fim do ano letivo. À TV Santa Cruz, a secretária de Educação local, Dilza Reis, disse nesta quarta-feira (7) que a exoneração se deve ao cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). A secretaria, segundo Reis, estava gastando mais que o permitido na folha de pagamento mensal.

Segundo a emissora, os funcionários demitidos tinham contratos até dia 30 de novembro e atuavam como cuidadores, dando apoio nas atividades para crianças com deficiência ou dificuldade de locomoção. Por conta da demissão, pais de alunos especiais ficaram preocupados. Joseane Libório, que tem uma filha de 5 anos com espectro autista, disse que com a exoneração a filha não tem ido à escola.

Alguns pais de alunos também acionaram o Ministério Público devido ao caso. Em resposta aos pais, a secretária de Educação do município se comprometeu a remanejar outros funcionários, de outros setores da educação, para atuarem nas escolas que tiveram os auxiliares demitidos. (Bahia Noticias)