Nesta segunda-feira (03), os membros do Ministério Público, Câmara de Vereadores e Observatório Social se reuniram para discutir o Projeto de Lei nº 05/2018, que institui o estacionamento rotativo no município.

De acordo com o prefeito Rogério Andrade, devido o tamanho da cidade não cabe mais a desorganização dos veículos estacionados nas principais ruas. “Venho sendo cobrado, mas percebemos uma certa resistência de alguns vereadores em apreciarem o projeto. Agora a Associação Comercial tem intensificado bastante, o MP, Observatório, a gente percebe que existe um grande desejo da população em organizar o trânsito, em ordenar o solo.  A zona azul é um passo muito importante”, disse.

Conforme o prefeito, o objetivo principal no momento é que os vereadores apreciem o projeto para que o município possa deflagrar o processo licitatório. “Vamos precisar debater com a sociedade a questão da tarifa. A ideia da administração é ir colocando a zona azul em prática em algumas ruas que estão no mapa, implantando aos poucos para que a população possa ir familiarizando”, explicou.

Ele ainda ressaltou que vai discutir com a empresa vencedora para que aproveite os flanelinhas, capacitando-os para exercer a função de forma regular. Nesta terça, os vereadores irão discutir o projeto na Câmara.

Reportagem: Reginaldo Silva | Redação: Blog do Valente