Na manhã deste domingo (09/09) ocorreu a Missa Festiva da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no bairro do Cajueiro, em Santo Antonio de Jesus, após o novenário, que teve como tema “Igreja comunidade: casa da iniciação cristã.” A celebração foi presidida pelo bispo da Diocese de Amargosa, Dom Valdemir Ferreira e concelebrada pelo pároco da paróquia anfitriã, Padre Wilson Vitoria e demais párocos da cidade: padre Edson de Melo, padre Nelson Franca, padre Almiro Rezende e padre Marco Morais; também contou com a presença de seminaristas.

Em sua homilia, Dom Valdemir ressaltou que o nosso louvor não pode ser marcado somente pelos lábios. “Muitas vezes adoramos o Senhor só da boca para fora, mas é preciso que seja em Espírito e em verdade. Temos um longo percurso para fazer por nossa conversão; é um processo lento a cada dia(…) por isso a necessidade da oração diariamente, nesse desejo de vermos o Senhor., sermos sal e luz na nossa vida e dos outros. (…)Veja que confusão está sendo a política, a cultura, economia, o social; não só estamos vivendo isso no Brasil mas em todo o mundo, e as vezes recebemos notícias pelas redes sociais de padres, bispos repassando de que queremos nosso país assim, e ao invés de ajudar cria confusão nas pessoas, na decisão livre, consciente, responsável”, refletiu o bispo.

No final da tarde ocorreu a procissão pelas ruas do bairro que compõem a paróquia, bênção do Santíssimo e anúncio do novo Compac. Nos agradecimentos o padre Wilson agradeceu à comunidade e a todos que colaboraram para a realização da festa da padroeira. Este refletia que precisamos ser uma igreja em saída. “Durante o novenário fomos despertados para a ação, como sal da terra e luz do mundo, seja na universidade, no trabalho, nos movimentos e pastorais, nas comunidades eclesiais urbanas e rurais, enfim em todos os ambientes em que nos encontramos, com a experiência da missão de sal e luz onde quer que estejamos”, disse padre Wilson.

Texto: Jocinere Soares/ Tribuna do Recôncavo

Foto: Jocinere Soares

Foto: Jocinere Soares