Para uma relação sexual ser boa é preciso que ambos sintam prazer, mas a pressa dos homens pulando etapas fundamentais, como as preliminares, tem deixado as mulheres insatisfeitas com a vida sexual.

Para a sexóloga e consultora do site www.cdate.com.br, Carla Cecarello, os homens são afoitos e esquecem que uma boa preliminar pode ser muito melhor que a penetração em si. Carla explica que as mulheres precisam do aquecimento inicial e não é apenas uma coisa de mulher, é que todo esse processo auxilia na preparação do clitóris e da vagina para receber a penetração.

Segundo a sexóloga, as mulheres se sentem incomodadas quando vão para a cama com um homem que não olha para ela. “Elas gostam de serem olhadas, gostam de serem tocadas no corpo. Quando o homem não faz isso, não aprecia o corpo dela, ela se sente incomodada por não ser percebida por ele”, diz. Ainda segundo Carla, Para o sexo ser bom o homem tem que demonstrar desejo por aquela mulher através da pegada, do jeito que ele chama o corpo da mulher para perto do corpo dele.

 

Qual o segredo para ter boas preliminares?

Os sinais de que o homem está no caminho certo das preliminares é quando ele gasta mais tempo nas carícias. “E não significa ficar muito tempo na mesma carícia. Ele precisa alterar, sentir o corpo da mulher, as partes que ela fica excitada, e não apenas no mesmo ponto”, explica a sexóloga. Todas essas coisas, de acordo com a sexóloga, dão indícios à mulher de que ele está realmente empenhado, focado, usando a criatividade para tornar a preliminar uma coisa interessante para ela. “Ele fala palavras picantes que deixam a mulher muito à vontade para conduzir a situação. Isso tudo são pontos fundamentais na hora das preliminares e que poucos homens usam”, reforça Carla.

Para uma preliminar ser boa, a sexóloga diz que as mulheres gostam, por exemplo, que os homens beijem bastante na boca, que façam carícias nos seios, mas que o toque no clitóris e o dedo no interior da vagina sejam feitos bem depois. Primeiro, elas gostam de ser exploradas no seu corpo como um todo: ao mesmo tempo que beija, desliza a mão pelo resto do corpo, funga no pescoço dela, procura fazer um toque leve, estimula bastante o bico do peito e pouco a pouco vai descendo. “O homem deve rodear a pontinha do clitóris e não ir direto nele, porque para aceitar esse toque direto no clitóris ela precisa estar muito excitada, caso contrário, ficará extremamente sensível e incomoda”, salienta a especialista.

Então, aos poucos, e depois de acariciar o corpo, carla explica que o homem deve observar se a vagina já está bastante lubrificada para, então, introduzir o dedo dentro da vagina. “São essas as coisas que as mulheres mais gostam nas preliminares. Começar e parar uma carícia, beber algo, entrelaçar os corpos de forma que fiquem bem encostados, enfim, são coisas assim que estimulam a mulher para o ato sexual e não ir direto ao ponto, como muitos homens apressados fazem”, afirma Carla.

 

Como facilitar as preliminares?

Para a sexóloga, existem muitas maneiras de dar início a relação sexual e de facilitar as preliminares. Para isso, o homem precisa criar um clima agradável antes de começar a pegação. Entre os exemplos a especialista cita estar a meia luz, nunca muito escuro demais, nem claro demais; colocar uma música bem sensual, que crie um clima agradável e estimulante; ou levar a mulher para jantar antes. “Criar um clima e não partir imediatamente para os finalmente, aquela coisa dura, seca, sem encantamento”, ressalta.

Preliminar já diz. É tudo que acontece antes. Tudo que acontece antes de uma penetração. É na preliminar que os jogos eróticos acontecem. Então, os homens precisam entender o que são os jogos eróticos. São as brincadeiras, os toques, as palavras, as carícias. “E são importantes para as mulheres porque são nas preliminares que vão excitá-la. O útero, internamente, vai se elevando e na medida em que ele se eleva, dispende o canal vaginal que aumenta de tamanho e fica preparado para receber qualquer tamanho de pênis”, explica Carla. Desta forma, a vagina se lubrifica para que o pênis, ao penetrar, deslize e não provoque desconforto.

A sexóloga do site www.cdate.com.br diz que o homem não investe nas preliminares porque é afoito e muito genitalizado. Segundo a especialista, o homem aprende, desde muito cedo, que é somente no genital que ele vai desfrutar do prazer. Carla explica que em seu consultório, onde atende inclusive casais, ela precisa desfocar o homem dessa situação e ensiná-lo a olhar para a parceira, a tirar a roupa dela com tranquilidade, a permitir que ela tire a roupa dele também devagar, com sensualidade, que o casal possa se acariciar, chupar, lamber, mordiscar. São essas situações, de acordo com Carla, que envolvem, que excitam. “Eu chego a atender mulheres que acabam procurando outra pessoa, desistem do casamento, porque o parceiro não a satisfaz sexualmente. Hoje em dia as mulheres exigem isso, elas querem sentir prazer também, curtir o sexo”, afirma a sexóloga.

 

Pressa dos homens

Mas, segundo Carla, os homens têm pressa porque são genitalizados. “Por isso para eles as preliminares são frescura, coisa de mulher, porque o negócio mesmo é penetrar e gozar. Só que não é por aí o caminho”, afirma. As preliminares são sempre muito bem-vindas em qualquer tipo de encontro. Num encontro casual, por exemplo, mais ainda, porque você não conhece a pessoa, não tem vínculo afetivo com ela. Então, uma preliminar muito bem-feita vai permitir que a pessoa se entregue, se envolva, desfrute do prazer e a excitação ocorra. Se a mulher estiver no início de uma transa casual ela ainda é uma pessoa travada. Se a preliminar for boa, ela vai se soltando. “O cara tem de ser bom, ele tem de investir na preliminar senão não será confortável para ela e para ele também, porque não soube conduzir e ninguém sairá satisfeito ou com a sensação de que foi uma transa que valeu a pena”, conclui a sexóloga Carla Cecarello.

 

Passos para arrasar nas preliminares

 

1 – Convide-a para jantar, peça um bom vinho;

 

2 – Pegue na mão, faça carinhos, beije bastante;

 

3 – Faça a mulher se sentir bem linda, sensual;

 

4 – Elogie a roupa que ela usa, o cabelo, sempre de forma sincera;

 

5 – Crie um clima agradável na hora de fazer sexo com essa mulher;

 

6 – Coloque uma meia luz, uma boa música;

 

7 – Tomem banho juntos.

 

8 – Nas iniciais beije, lamba, toque, invista em massagens, corpo a corpo, mas não vá logo para a penetração, isso é desagradável.

 

Sobre o C-date

Fundado em 2008, o C-date foi o primeiro site de encontros casuais da Europa. Atualmente está presente em 35 países e tem mais de 15 milhões de usuários. Todos os dias, mais de 20 mil novos membros – homens e mulheres – se inscrevem no C-date. O perfil dos usuários é composto por pessoas com idade entre 30 e 50 anos e que procuram viver aventuras sem compromisso, de forma elegante.

 

Editado por Tribuna do Recôncavo | Informações: Visão Estratégica Comunicação