A Polícia Civil de Amargosa divulgou o balanço total da operação de combate ao crime realizada durante os festejos juninos.

Quatro pessoas foram presas em flagrante: Adeilton Nascimento Leal, 18 anos – preso por roubo qualificado; Valdinei dos Santos Melo, 29 anos por agressão física e ameaça a companheira; Jhonatas Batista de Almeida, 19 anos, por tentativa de furto e Waldemir Gomes dos Santos, 39 anos, por embriaguez ao volante. Foram lavrados 16 Termos Circunstanciados de Ocorrência por uso de entorpecente, vias de fato e lesão corporal.

De acordo com a Polícia Civil, não foi registrado nenhum crime de repercussão ou de maior gravidade durante o São João de Amargosa. “Tivemos como dia crítico a segunda-feira (22), quando o espaço da Praça do Bosque recebeu em torno de oitenta mil pessoas durante o show de Zezé Di Camargo e Luciano, tendo sido registrados 12 furtos de celulares.” informou o Delegado.

Fora do circuito da festa foram registrados alguns arrombamentos a residência, momento em que os marginais aproveitam que as casas estão vazias e o policiamento está concentrado no evento.

O Serviço de Inteligência da Polícia Civil realizou algumas investigações e conseguiu recuperar parte dos objetos roubados, como roupas de marcas e celulares, também conseguiu identificar alguns autores e está reunindo provas para futuras prisões preventivas. Diversas rondas e abordagens foram feitas pela Polícia Civil nos arredores da festa e onde estavam ocorrendo os arrombamentos, o que evitou que novos crimes acontecessem.

“A festa foi um sucesso, com muitas famílias se divertindo no que, sem dúvida foi um dos melhores São João do Brasil.” finalizou o Delegado de Amargosa Adilson Bezerra de Freitas. (Tribuna do Recôncavo | Informações: Polícia Civil)