A influência do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso diante dos eleitores brasileiros é questionável. Em recente levantamento feito pelo instituto Paraná Pesquisas, ficou verificado que 49,4% dos eleitores não se sentem influenciados pelo apoio ou não do tucano a um candidato a presidente do Brasil. Por outro lado, 40% diminuiriam o interesse pelo candidato que tivesse FHC em seu palanque.

Apenas 7,4% dos ouvidos disseram que teriam mais vontade em votar no candidato apoiado por FHC, enquanto 3,3% não sabe/não opinaram. A indiferença do público diante de FHC também se manifesta quando se trata das declarações do ex-presidente sobre a política atual. Para 69,7% dos ouvidos, o que FHC pensa não é importante para analisar os fatos.

A posição é diferente para 24,6%, que dão credibilidade ao que o tucano diz. Não sabe/não opinou está estimado em 5,6%. A pesquisa de avaliação de Fernando Henrique Cardoso ouviu 2.442 brasileiros em 162 municípios de 26 estados, além do Distrito Federal, por meio de um questionário online, entre 9 e 13 de novembro. (Bahia Noticias)