Uma professora foi baleada na cabeça, na manhã de sábado (19/05), na localidade de Baixa Alegre, zona rural do município de Mutuípe/BA, no Vale do Jiquiriçá. Em entrevista ao site Tribuna do Recôncavo, na tarde desta segunda-feira (21), a delegada titular da Policia Civil em Mutuípe, Dra. Corina Lopes, falou que o principal suspeito de ter atirado na professora Kêda Sousa é o marido da vítima.

“Nós tomamos conhecimento do fato no sábado de manhã, fizemos diligência, mas o indivíduo, logo após o fato, evadiu-se do local, a moça foi transferida para o Hospital [Regional] de Santo Antônio de Jesus, está sob cuidados médicos, mas o estado de saúde dela é delicado”, disse.

Ainda de acordo com a delegada, o suspeito efetuou os disparos a uma certa distancia atingindo a vítima na cabeça. Disse também que testemunhas informaram à polícia que o crime foi praticado pelo marido da vítima, o qual teria usado uma arma longa, possivelmente um rifle.

“Familiares nos informaram que eles estavam em fase de separação, se desentendiam, mas ela não tinha registrado nenhuma queixa contra ele na unidade policial. Já estamos tomando as medidas cabíveis, estamos representando em caráter de urgência para finalizar o inquérito e encaminhar para a justiça”, finalizou a delegada.

Fonte: Tribuna do Recôncavo