Conhecido como um dos mais famosos municípios-arquipélagos do Brasil, o município de Cairu, no Baixo-Sul da Bahia,  vai ganhar ações de proteção aos seus bens culturais, materiais e imateriais. O prefeito de Cairu, Fernando Brito, acompanhado do deputado estadual, Rosemberg Pinto, estiveram no Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC).

O objetivo foi assinar o Termo de Cooperação entre IPAC e Prefeitura para realizar vistorias técnicas, implantar uma Câmara Técnica de Patrimônio, seminários e treinamentos da área de Educação Patrimonial. De acordo com o deputado Rosemberg Pinto, a região é uma das mais importantes para o turismo baiano, pela rica história, patrimônios edificados e intangíveis, atraindo turistas locais, nacionais e internacionais todos os anos.

“Somente a área de Morro de São Paulo, atrai cerca de 20 mil turistas por ano; é o terceiro destino da Bahia, perdendo apenas para Salvador e Porto Seguro”, comentou Rosemberg Pinto. Para ele, a preservação dos bens culturais é uma ação imperativa pois resumem a história da Bahia e são os principais atrativos turísticos. (Editado por Tribuna do Recôncavo | Informações: ASCOM)