Revoltados com o novo sistema de cobrança da Uber, motoristas do aplicativo em Salvador preparam um boicote à empresa.

Após pedidos de redução da taxa de 25% sobre o valor da corrida cobrado pela plataforma, os motoristas alegam que o novo sistema de cobrança, que favorece viagens que terminam em tempo e quilometragem menores que o previsto, deixou o sistema de ganhos imprevisível e, por vezes, abusivo.

No WhatsApp, alguns grupos com associados a Uber organizam a ida massiva para um aplicativo concorrente como forma de boicote. No pleito para a redução dos preços, os motoristas alegam que o aumento no preço dos combustíveis e a taxa do aplicativo tornam a atividade pouco lucrativa. (Bahia Noticias)