O vocalista do grupo Fundo de Quintal, Mário Sérgio, de 58 anos, morreu na manhã deste domingo, 29, no Rio de Janeiro. O cantor estava internado há seis dias no hospital de Nilópolis, que fica na baixada Fluminense, e tratava um linfoma. Além de cantar no Fundo de Quintal, Mário também era cavaquinista do grupo que começou a partir do bloco Cacique de Ramos, um dos mais antigos do País.

Através da rede social, o grupo no qual ele fazia parte comunicou “com pesar” o falecimento do “amigo e parceiro Mário Sérgio”. Em nota, o Cacique de Ramos se manifestou e informou que “em respeito à dor da família, a roda de samba do Cacique de Ramos, que aconteceria na noite deste domingo, foi cancelada”.

Após 18 anos de grupo, o vocalista chegou a passar cinco anos afastado da banda, e só retornou em 2013. Ainda não há informações sobre velório e enterro. Nas redes sociais, amigos, familiares e fãs lamentam a perda e manisfestam solidariedade. “Que Deus possa receber esse ser de muita luz, com a sua infinita graça e amor… descanse em paz!”, escreveu uma amiga. “Mais um bamba que vai se juntar à constelação do Samba, que papai do céu te receba de braços abertos!”, disse outro amigo. (A Tarde)