A eliminação da seleção brasileira na Copa do Mundo da Rússia continua a repercutir. Em entrevista coletiva concedida nesta terça-feira (07), o técnico do Cruzeiro Mano Menezes, analisou as razões da derrota do Brasil no Mundial da Rússia e defendeu o centroavante Gabriel Jesus, criticado por parte da imprensa pelo fraco desempenho durante a competição.

“Tenho uma teoria que vai gerar uma certa polêmica. Não acho que o problema esteja em Gabriel Jesus, porque ele fez um ótimo Mundial. Acho que tem a ver com o nosso maior protagonista, Neymar. Ele centraliza muito as nossas ações ofensivas. Não tem como a bola não parar nele, porque ele é o nosso principal jogador. Neymar não é um assistente de um centroavante, não prepara a jogada, ele decide. Faz a jogada para ele, aí o centroavante sofre.” afirmou o Mano em entrevista.

“Não se trata de estar certo ou errado. Futebol é assim… Quando estávamos na seleção, tiramos o centroavante por isso. Nós tentamos encontrar outra maneira de jogar exatamente para resolver uma questão que acontecia com frequência”, completou Mano Menezes. (Noticias ao Minuto/ SporTV)