O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) encaminhou representação ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e solicitou instauração de procedimento investigatório sobre a nomeação dos novos ministros de Michel Temer.

Ele pede a suspensão da nomeação de ministros que estão sendo investigados pela justiça e não possuíam foro privilegiado.

Os dois indicados que seriam diretamente atingidos pelo pedido do deputado seriam o baiano Geddel Vieira Lima (Secretaria de Governo) e Eduardo Alves (Turismo), investigados na Operação Lava Jato, comandada pelo juiz SérgioMoro, de Curitiba. (brasil247)