O frei Antônio Moser, de Petrópolis na Região Serrana do Rio de Janeiro foi morto a tiros, na manhã desta quarta-feira (09/03), após ser abordado por assaltantes na Rodovia Washington Luiz, na altura de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

O crime aconteceu por volta das 6h10, na pista sentido Rio da Estrada. Mesmo ferido, o católico, de 75 anos, ainda conseguiu dirigir o Honda Civic prata até o acostamento. Os elementos, que estariam de moto, conseguiram fugir.

Equipes da Concer foram até o local e chegaram a chamar uma ambulância, mas o homem já estava morto. Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) isolaram o lugar para a realização da perícia. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF).

Antônio Moser era diretor-presidente da Editora e do Editorial Vozes, professor de Teologia Moral e Bioética no Instituto Teológico Franciscano (ITF), em Petrópolis. Ele também era Pároco da Igreja de Santa Clara e diretor do Centro Educacional Terra Santa. Ele foi um dos 11 brasileiros convidados pelo Papa Francisco a participar do sínodo das famílias, na condição de teólogo, em outubro de 2015. (Editado por Tribuna do Recôncavo | Informações: extra.globo | Fotos: Polícia Rodoviária Federal)

carro2

Aproveite e curta a nossa fanpage. Clique Aqui !