Em entrevista concedida ao Portal Tribuna do Recôncavo no encerramento do Congresso Diocesano da Renovação Carismática Católica, em Santo Antonio de Jesus, a coordenadora diocesana Tatiane Figueiredo relatou ao repórter Hélio Alves qual seria a missão de cada um a partir daquele momento; já o padre Sérgio Braga relatou como acontece a formação inicial de um grupo da RCC.

“Nossa missão é levar  o Espírito Santo, sermos evangelizadores através da pessoa do Espírito Santo. É o Espírito Santo que nos move, nos motiva. Em Atos 1: 8 diz: ‘O Espírito Santo vai nos dar forças’. E é essa força   que sustenta a  igreja, a Renovação Carismática e todas as pastorais e movimentos. “-afirmou ela.

Coordenadora explica como está organizada a Renovação Carismática na Diocese de Amargosa - noticias, destaque, bahiaTatiane Figueiredo ainda frisou: “Cada irmão volta para o seu grupo de oração para servir à comunidade, servir o povo de Deus. E é isso o que o Senhor quer: curar e cuidar do seu povo para que esse povo saia para evangelizar.  O Papa disse para nós sairmos  ao encontro do outro; esse ano o Senhor deu uma profecia à Renovação Carismática de que Ele estava nos sustentando com sua mão e essa mão ia erguer muitas pessoas. E é nisso que nós cremos e nós acreditamos. Saiamos daqui para manifestarmos a glória do Senhor onde quer que vamos.”

Vale ressaltar que na Diocese de Amargosa há vários grupos de oração da Renovação Carismática Católica. Sendo que eles se encontram em várias cidades e acontecem em tal dia da semana:

  • Santo Antonio de Jesus- nas Paróquias Santo Antonio (Grupo Sagrada Família às quartas-feiras); na Paróquia São Benedito (Grupo Sonda-me, na igreja de Nossa Senhora de Guadalupe na Urbis 4 às terças-feiras) e na Paróquia São José do Andaiá (Grupo Os filhos de Maria às quintas-feiras);
  • Santa Terezinha (às segundas-feiras);
  • Castro Alves (às segundas-feiras);
  • Nazaré das Farinhas (às terças-feiras);
  • Elísio Medrado (às quartas-feiras);
  • Valença (aos sábados);
  • Amargosa (às segundas-feiras);
  • Tancredo Neves (no Distrito de Corte de Pedra, às terças-feiras);
  • São Felipe (às quartas-feiras);
  • Laje (na zona rural, na comunidade de Itaparica (às segundas-feiras);

E há grupos em formação nas cidades de Varzedo, Itatim, Taperoá e Iaçu. E grupos em formação nas comunidades rurais de Santa Terezinha e São Felipe.

Caso não haja Grupo da RCC em sua paróquia e queira formar um em sua comunidade, o padre Sérgio deu o seguinte esclarecimento:  “aqueles que desejam vivenciar essa experiência da RCC, primeiro devem se  aproximar de um grupo, se o grupo está longe, convide a coordenação diocesana para ir até lá, visitar  a comunidade, formar um grupo e depois fazem o seminário de Vida no Espírito. É onde o grupo encontra verdadeiramente sua formação e pouco a pouco vai se juntando à pessoa a influência da oração da Renovação Carismática.”- concluiu padre Sérgio. (Jocinere Soares/Tribuna do Recôncavo)

Aproveite e curta a nossa fanpage. Clique Aqui !