Candidato a presidente derrotado, Fernando Haddad (PT) visitou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na prisão na quarta-feira (7), com outros advogados.

O petista falou sobre Ciro Gomes. Disse que não esperava que o pedetista se ausentasse por completo do segundo turno das eleições. Ainda assim, disse que separa questões políticas das pessoais e elogiou: “Ciro é um ser humano que vale a pena”.

O ex-presidente está cético em relação aos futuros julgamentos que enfrentará na Justiça. Acredita que o clima no país dificulta uma análise serena de sua defesa. Lula falou também que sempre acreditou que o juiz federal Sergio Moro militaria fora da magistratura pois o considerava um quadro político. Mas se surpreendeu com a rapidez com que isso ocorreu.

Fonte: Coluna de Mônica Bergamo do jornal Folha de S. Paulo | Redação: Bahia Noticias