Após vários dias sofrendo com a falta de água, moradores de Castro Alves, no Recôncavo baiano, realizaram na manhã desta quarta-feira (26/12) um protesto, queimando galhos de árvores em frente ao escritório da Embasa.

Na região do Sitio do Meio os moradores estão usando água de algumas nascentes que ainda existem, no Alcançu, região mais seca do município, chegou a cair água nas torneiras na manhã desta quarta-feira (26), mas em seguida faltou novamente.

Quase todas as comunidades de Castro Alves estão sofrendo com falta d’ àgua, e mais uma manifestação poderá ser realizada a qualquer momento, caso o problema não seja resolvido. Moradores prometem ir as ruas com latas vazias.

Texto: Hélio Alves/ Tribuna do Recôncavo