A Coordenadora de Enfermagem do Hospital e Maternidade Luiz Argolo, Núbia Mercês,  informou que houve durante o mês de dezembro em Santo Antônio de Jesus, três suspeitas de microcefalia. “Foi feita a notificação e encaminhado para Vigilância Epidemiológica do Município de Santo Antônio de Jesus para daí ter um acompanhamento do bebê para confirmar ou não a suspeita”, disse.

A coordenadora não pôde divulgar o município oriundo das mães dos bebês, já que a Santa Casa de Misericórdia atende toda região, ou seja, os casos podem ter vindo de outras cidades.

Já Daiane Mascarenhas, Coordenadora de Vigilância em Saúde em Santo Antonio de Jesus confirmou a infromação e falou que está sendo feito todo processo de notificação dos casos, “se necessário à transferência para Salvador ou uma avaliação mais detalhada, a secretária de saúde do município dará todo suporte para as mães e os recém-nascidos, independente de quais municípios sejam” afirmou.

Daiane conta que casos de microcefalia ainda são muito novos para as equipes de saúde, mas vem sendo feito tudo que é possível para os bebês e para as mães no primeiro momento. “A partir de agora vamos redobrar nossos trabalhos para que as pessoas entendam que quem começa o combate ao mosquito Aedes aegypti somos nós, para que não haja novos casos” lembrou Daiane. (Editado por Tribuna do Recôncavo | Fonte: Blog do Valente)

Aproveite e curta nossa fanpage.Clique aqui !