Os alunos e mães de alunos da Escola Municipal Plínio Pereira Guedes em Maragojipe foram as ruas na terça-feira (19/07) protestar contra o atraso nas obras de reforma e ampliação da referida escola, que foram iniciadas em outubro de 2015 e deveriam ser entregues a comunidade no último dia 19 de julho.

Em passeata pelas ruas de Maragogipe, o grupo foi até a Câmara Municipal cobrar providências e em seguida foi até a Ministério Público exigir a intervenção do órgão. Foi formada uma comissão entre mães, alunos e a Promotora de Justiça de Maragojipe, Drª Neide Reimão Reis, que irá visitar as dependências do colégio e posteriormente adotará as providências cabíveis. (Editado por Tribuna do Recôncavo | Informações: Blog do Zevaldo)