Os estudantes das comunidades rurais de Santa Luzia, Pernada e Tabuleiro de Menezes em Conceição do Almeida, que estudam em Santo Antônio de Jesus, estão vindo andando para o Colégio. Segundo informações de país de alunos, está acontecendo um empasse entre a Prefeitura e o proprietário do ônibus, ou seja, o município não quer pagar o valor que o motorista está cobrando.

Um representante da comunidade procurou o vereador Bidão, e o mesmo falou que desconhecia o problema, mas estaria encaminhando a reclamação para o órgão responsável. Até o fechamento dessa matéria o problema não tinha sido resolvido. Enquanto isso, os alunos estão caminhando aproximadamente 18 quilômetros por dia (9 para vim e 9 para voltar).

Vale ressaltar que a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) obriga os municípios a disponibilizar transporte escolar para todos os alunos da rede pública que residem distante da unidade de ensino. Envie também sua denuncia para o nosso whatsapp: 75. 9964-2199. (Hélio Alves/Tribuna do Recôncavo)