Pré-candidato ao governo do Estado pelo DEM, o ex-prefeito de Feira de Santana, Zé Ronaldo, admitiu nesta quarta-feira (11) que há resistência do PSDB em ter o deputado federal Irmão Lázaro (PSC) como candidato ao Senado na chapa majoritária dele.

Nos bastidores, aponta-se que o deputado federal Jutahy Magalhães Jr. (PSDB), ocupante de uma das vagas na composição, para disputar a Câmara Alta, tem tensionado junto ao pleiteante ao comando do Palácio de Ondina, com o objetivo de deixar Lázaro fora da corrida. O tucano tem medo de acabar tendo menos votos que o colega.

Zé Ronaldo disse que está atuando para aparar as arestas. “Formação de chapa não é uma coisa simples. Há discussões, debates, isso é normalíssimo. Acho que arestas sempre vão existir. Existem ontem, hoje e amanhã. Todas essas questões estão sendo superadas, serão superadas”, minimizou o pré-candidato, para reiterar também que não há empecilhos para que Lázaro concorra ao Senado na chapa.

Ainda segundo o democrata, as conversas com o PSC foram intensificadas nos últimos dias. No sábado (7), em encontro estadual, a sigla decidiu pela manutenção da candidatura do pastor e definiu que procuraria outras legendas para tentar viabilizá-lo na corrida pela cadeira de senador.

Por causa do alegado avanço nas negociações, Ronaldo se mostrou bem confiante de que o partido estará com ele. O pré-candidato também não descartou a possibilidade de Lázaro concorrer ao Senado na chapa.

“O diálogo com o PSC sempre esteve aberto e continua aberto. As conversas estão existindo, acontecendo diariamente. Elas foram intensificadas e têm sido intensificadas cada vez mais. De segunda para cá, o que mais acontecem são conversas a respeito desse assunto. Estou muito confiante de que resolveremos todas essas questões”, declarou.

Ainda segundo Ronaldo, a solução pata fechar a composição majoritária está “pertíssimo de ser dada”. “Estou trabalhando nisso. Confio que encontraremos a solução”.

 

PSC adota tom apaziguador

Após afirmar que comunicou ao pré-candidato ao governo da Bahia pelo DEM, José Ronaldo, que iria buscar apoio de outros partidos para viabilizar a candidatura de Irmão Lazaro ao Senado, o presidente do PSC na Bahia, o deputado estadual Heber Santana, afirmou que o democrata “mantém o interesse de ter Lázaro na chapa e está trabalhando para isso”.

No entanto, Heber disse que ainda não conversou sobre o assunto novamente com o ex-prefeito de Feira de Santana.

Redação e reportagem: Bahia Noticias