Com uma longa história no atendimento de crianças com o vírus HIV e em situação de vulnerabilidade social em Salvador, a Instituição Beneficente Conceição Macedo (IBCM) recebeu uma nova sede nesta segunda-feira (16). As obras foram realizadas pelas Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), com um investimento de R$ 120 mil. O recurso foi arrecadado com o Arraiá Solidário, realizado no Palácio de Ondina, em junho de 2016.

Para a presidente das VSBA e primeira-dama do Estado, Aline Peixoto, a nova sede vai reforçar os serviços prestados pela IBCM. “Quero agradecer a todo mundo que nos ajudou. O show foi um sucesso. Todos os ingressos foram vendidos. Tivemos o apoio da Estakazero, que tocou voluntariamente. Queríamos dar uma levantada no astral da criançada e conseguimos”. Presente na inauguração, o governador Rui Costa destacou o trabalho da instituição.

“Eu ouvi relatos que tem menino aqui que tomou banho de chuveiro pela primeira vez. Que foi a maior alegria porque tomava banho de lata no meio da rua. Eu acho que isso tudo nós devemos mudar juntos. A sociedade e o governo juntos, ajudando a melhorar e a modificar a vida daqueles que sofrem mais”. Atualmente, a instituição sem fins lucrativos atende 60 crianças em horário integral, com refeições, moradia e encaminhamento médico, no bairro de Nazaré. A fundadora, Conceição Macedo, comemorou a inauguração da nova sede.

“Estávamos muito perto de fechar as portas e encerrar nossos serviços por falta de recursos. Quero agradecer à grande sensibilidade de nossa primeira-dama. Agora vamos pode dar continuidade a esse trabalho e atender muito mais pessoas”.
 Fundada em 1989, a IBCM atua na prevenção do HIV e tem como missão a redução da vulnerabilidade ao vírus, especialmente entre moradores de rua e pessoas em situação de maior risco social. A instituição ainda promove cursos ocupacionais, com o objetivo de gerar emprego e estimular a autonomia financeira entre as pessoas que atende. Os cursos são prioritariamente direcionados às famílias abrigadas pela instituição e a mulheres em situação de dependência social.

 

Ascom/ GOV-BA